Apenas 1 a cada 20 suíços vai à igreja movido pela fé em Deus

Maioria comparece
 à igreja porque se tornou
 um habito do social
Apenas um em cada 20 suíços vai a igreja porque tem fé em Deus.  Os demais vão porque é o que sempre fizeram desde criança — tornou-se um hábito de atividade social. É o que revelou uma pesquisa da GFS Zürich  encomendada pelo jornal da Igreja Reformada Protestante.

A pesquisa foi feita em abril por telefone com 1.013 pessoas. Desse total, 760 tinham uma ligação mais direta com a igreja.

Ainda assim 62% do total afirmaram não ter nenhum motivo especial para frequentar os cultos, embora os frequentassem. Em relação às pessoas de mais idade, esse percentual foi um pouco mais elevado.

A pesquisa também apurou que, na faixa de 18 a 39 anos, uma  em cada cinco pessoas pretendia deixar de frequentar a igreja.

A Suíça é uma república composta por 26 estados (ou cantões). Tem cerca de 7 milhões de habitantes, menos, portanto, do que a Grande São Paulo. É um Estado laico, mas subsidia das igrejas. A Católica e a Protestante se equivalem em número de devotos.

Com informação das agências.





No mundo, não filiados à religião são 1,1 bi, revela estudo
dezembro de 2012