Erros médicos matam 15 mil idosos por mês nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos, cerca 15 mil idosos morrem por mês por causa de erros médicos e de problemas decorrentes da manutenção dos hospitais, como contaminação de bactérias. A informação é do Departamento de Saúde e Serviços Humanos.

“Trata-se de uma taxa alarmante”, disse Lisa McGiffert, da União dos Consumidores, entidade que responsável pela revista Consumer Reports.

Ela afirmou que a maioria da população não tem como saber quais são os hospitais com maior incidência de erros médicos.

Dos pacientes atendidos pelo seguro de saúde federal, o Medicare, mensalmente 134 mil idosos (13,5% do total) são vítimas do que o Departamento de Saúde chama de “problemas adversos”: falhas em cirurgias, contaminação do ambiente hospital e falta de um controle adequado dos níveis de açúcar do sangue de pacientes.

Na avaliação dos técnicos do governo, a morte de até 44% desses idosos poderia ser evitada.

Com informação da Reuters.

> Brasileiros são os que mais esperam apoio da família na velhice.
setembro de 2010