Nos EUA, cristãs ficam indignadas com comercial de vagina cantando

O grupo de cristãs conservadoras One Million Moms, dos Estados Unidos, está horrorizado com o anúncio [ver abaixo] onde uma vagina canta por se sentir saudável.

Não há nada explícito no anúncio de um remédio de combate a fungos do laboratório FemiClear.  Há apenas três mulheres fazendo yoga com as vestimentas adequadas.

O que incomodou a organização foi o canto de felicidade das partes íntimas de uma das mulheres.

Em um pedido online de boicote ao FemiClear, as cristãs afirmam que o “anúncio repulsivo é irresponsável, principalmente porque é veiculado no horário nobre, quando há crianças vendo TV”.

“Todos sabemos que as crianças repetem o que ouvem.”

O canto se resume a “lá, lá, lá, lá, lá, lá".



Com informação do site B&T e de outras fontes.



Documentário mostra impacto do fanatismo religioso na saúde da mulher

Série brasileira da Netflix mostra confronto da ciência com o fanatismo religioso

Fundamentalismo religioso é distúrbio mental, diz cientista

Bellotto assumiu seu ateísmo por causa do fanatismo religioso




Comentários

Anônimo disse…
Não vão conseguir censurar. Nos Estados Unidos, com a Primeira Emenda, o buraco é mais embaixo.