Nível de generosidade dos brasileiros está em 85º lugar, diz estudo

da BBC Brasil

O Brasil caiu nove posições e aparece em 85º lugar - empatado com a Argentina - em um ranking que classifica os países pelo nível de generosidade de seus cidadãos.

O índice, elaborado pela entidade Charities Aid Foundation (CAF), com sede no Reino Unido, é elaborado por meio de uma pesquisa que faz três questões: se a pessoa, no último mês, doou dinheiro a uma instituição de caridade, se ela realizou trabalho voluntário ou se ajudou algum estranho ou alguém que ela não sabia se precisava de ajuda.

A média simples do percentual das respostas positivas a essas três perguntas resulta no índice de cada país.

Assim, em 2011, o Brasil apresentou um índice de generosidade de 29%, com 48% dos entrevistados afirmando que ajudaram um estranho, 26% dizendo que doaram dinheiro a instituições de caridade e apenas 14% relatando participação em trabalho voluntário. Em 2010, o país apresentou um índice de 30%, ficando na 76ª posição.

Em termos de voluntariado, o Brasil caiu um ponto percentual em relação a 2010, ficando em 101º lugar, empatado com África do Sul, Bangladesh, Camarões, Itália, Mali, Marrocos, Moçambique e República Democrática do Congo.

Pesquisas questionam a suposta generosidade cristã dos brasileiros
dezembro de 2011

O ranking é liderado pelos Estados Unidos, país que estava em quinto lugar em 2010. Em segundo lugar, aparece a Irlanda, que subiu uma posição em relação ao ano passado, seguida por Austrália (3º) e Nova Zelândia (4º), que, na pesquisa anterior, estavam empatados em primeiro lugar. O Reino Unido subiu três posições e é quinto.

As últimas posições do ranking são ocupadas por Croácia, Albânia, Grécia, Burundi e Madagascar, que tem o pior resultado geral.

A CAF calculou os índices com base em uma pesquisa realizada pelo instituto Gallup, que entrevistou mais de 150 mil pessoas em 153 países.

A entidade afirma que foi verificado um aumento na ajuda a estranhos e no tempo dedicado a trabalhos voluntários. Por sua vez, as doações em dinheiro tiveram queda.De acordo com a CAF, o estudo de 2011 indica um aumento na generosidade dos cidadãos dos países pesquisados, com um aumento do índice global de 31,6% em 2010 para 32,4% neste ano.

Segundo a pesquisa, o maior aumento de generosidade em 2011 foi verificado na Ásia, com quatro das cinco regiões do continente apresentando melhora no índice.

Não religioso britânico se dedica ao voluntariado igual ao religioso.
outubro de 2011

Comentários

  1. Anônimo12/24/2011

    Já percebi isso e é verdade> brasileiro não é generoso. Muitas vezes, é generoso só para os estrangeiros ou então para os membros da própria família. Fora isso...

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12/24/2011

    Sou antipetista, mas não tenho dúvidas de que o discurso neoliberal fez estragos no caráter do povo brasileiro, assim comom a esculhambação petista também fez. Muitas pessoas, para se contrapor aos abusos petistas, aos exageros politicamente corretos, descambam para a psicopatia.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo12/26/2011

    Descambam para a psicopatia?Como assim?Seja mais específico(a)?

    ResponderExcluir
  4. nao acredito, o brasileiro é o povo mais generoso que conheço.

    ResponderExcluir
  5. nem todo religioso é bom, nem todo ateu é honesto, vide, Lula , Fhc, Dilma e etc.todos ateus,que acreditam só no poder.

    ResponderExcluir
  6. Propelier12/30/2011

    A generosidade do brasileiro(principalment os religiosos)é mito.

    ResponderExcluir
  7. Percebo muito isso nos fórums que participo e com os amigos americanos que tenho. Muitos deles são pessoas bastante humildes, mas de verdade, não como muitos brasileiros que se dizem defensores do bem e na hora do "pega pra capar" só se importam em "tirarem o seu da reta". Discordo dos britânicos no entanto, acho que se são generosos são mais entre si do que com pessoas de fora. Australianos, em minha experiência já são mais parecidos com americanos, apesar de um pouco menos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Vicente e Soraya falam do peso que é ter o nome Abdelmassih

Gloria Perez diz não querer ampliar a voz de seus críticos