Pular para o conteúdo principal

Criacionista diz a Dawkins que seu livro para criança ‘zomba de Deus’

Bill O'Reilly e Richard Dawkins
O'Reilly (E) entrevistou Dawkins
O americano Bill O'Reilly (foto), apresentador da Fox News, elogiou durante uma entrevista o biólogo e militante ateu Richard Dawkins (foto) por escrever The Magic of Reality, que divulga a ciência para criança, mas também o acusou de no livro “zombar de Deus”.

O britânico Dawkins já esperava que houvesse esse tipo de objeção porque O'Reilly é um criacionista assumido.

Para o apresentador, a zombaria ocorre principalmente quando Dawkins coloca Deus entre os mitos da cultura asteca, egípcia e grega. “A filosofia judaico-cristã não é um mito, é uma realidade”, argumentou.

Dawkins discordou e disse que escreveu o livro para falar sobre a ciência, e não sobre Deus.

O'Reilly retomou uma conversa que os dois tiveram há cerca de dois anos na qual o apresentador disse que ele tem uma explicação completa e acabada para o surgimento do universo e que, agora, Dawkins continua sem nenhuma. O biólogo afirmou os cientistas continuam em seu trabalho de desvendar o desconhecido e produzir conhecimento.

O'Reilly também abordou uma questão clássica das conversas entre crentes e descrentes, a da matança de regimes de líderes ateus. “Ao longo da história, alguns dos piores regimes, os mais sanguinários, foram dos líderes ateus, como Joseph Stalin, Mão Tse Tung e Pol Pot”, disse.

O biólogo não quis se deter muito no tema para não ter de “entrar em uma competição sobre quem foi mais cruel”, se os líderes ateus ou se os que professavam uma fé. Mas disse que o fato de os líderes citados por O'Reilly serem ateus é “incidental”, não tendo, portanto, nada a ver com a matança que promoveram sob o pretexto uma ideologia política.

"O que acho é que há uma conexão lógica entre acreditar em Deus e às vezes fazer coisas do mal ", disse Dawkins. "Mas não há nenhuma conexão lógica entre ser ateu e fazer coisas do mal."

Com informação do Christian Post.

Livro de Dawkins propõe às crianças discussões entre ciência e filosofia.
por Hélio Schwartsman em outubro de 2011

Mais sobre Dawkins.    Ateísmo.     Ciência versus religião.

Comentários

  1. Como esse Bill O'Reilly gosta de distorcer tudo, tipico ato criacionista.

    O livro de Dawkins ta muito bom e bem didático.

    Paulo Thiago Casado

    ResponderExcluir
  2. É sempre quem pede dinheiro em nome desses seres que reclama né? "Deuses" mesmos nunca aparecem.

    ResponderExcluir
  3. Religião é um osso que os
    cachorros não querem largar
    de jeito nenhum, e se você
    tenta lhes tirar o osso eles
    rosnan e te morde.

    ResponderExcluir
  4. "Para o apresentador, a zombaria ocorre principalmente quando Dawkins coloca Deus entre os mitos da cultura asteca, egípcia e grega. “A filosofia judaico-cristã não é um mito, é uma realidade”, argumentou."

    Isso porque, diferente dos astecas, egípcios e gregos, ele apresenta provas concretas da existência de seu deus, certo?
    É como diz aquela piada... Jesus veio para nos salvar dos pecadores, mas tem um monte deles por aí. Thor veio para nos salvar dos gigantes do gelo, e parece ter surtido efeito.
    Nesse caso Thor é mais real que Jesus?
    Todos os mitos têm o mesmo valor, a menos que sejam apresentadas provas. Se não pode provar, não pode reclamar de ser taxado como lenda.

    ResponderExcluir
  5. Quando li os nomes "Bill O'Reiley' e 'Fox News' já soube que o que viria seria fanfarronice.

    ResponderExcluir
  6. Criacionistas tem tanta credibilidade tanto quanto um politico brasileiro.

    ResponderExcluir
  7. "Para o apresentador, a zombaria ocorre principalmente quando Dawkins coloca Deus entre os mitos da cultura asteca, egípcia e grega. “A filosofia judaico-cristã não é um mito, é uma realidade”, argumentou."
    -------------------

    Mas, onde está o erro aqui?
    Todas as mitologias são tratadas como verdade pelos seus seguidores e os mesmos renegam as outras.

    Deus faz parte da mitologia Cristã.

    ResponderExcluir
  8. Mitologia é sempre a religião dos outros, nunca a mitologia na qual se acredita.

    Esse tópico é propício à trolls.

    Não os alimente.

    ResponderExcluir
  9. Avelino : "Esse tópico é propício à trolls.
    Não os alimente." (2)


    Kkkkkkkkkk, adorei..:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  10. Abbadon,

    Não seja tão duro com os Criacionistas!

    ResponderExcluir
  11. Bill O'Reilly está certíssimo:

    Ao longo da história, os piores crimes foram cometidos por ateus.

    E o Dawkins picareta, como a ateuzada em geral, tenta negar este FATO e continua choramingando contra a religião.

    ResponderExcluir
  12. Avelino : "Esse tópico é propício à trolls.
    Não os alimente." (3)

    Nhaaa, zomba de Deus é? Por que ele tem que ter mais créditos que os outros seres imaginários do mundo?

    ResponderExcluir
  13. Como eu disse, os trolls são atraídos pela palavra mágica "Dawkins".

    Não os alimentem!

    ResponderExcluir
  14. E, como a maioria (não todos) dos religiosos, o Bill muda de assunto quando se trata de ciências.

    Crédulos em lendas não toleram evidências.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo disse...

    Bill O'Reilly está certíssimo:

    Ao longo da história, os piores crimes foram cometidos por ateus.

    E o Dawkins picareta, como a ateuzada em geral, tenta negar este FATO e continua choramingando contra a religião.
    08/10/11 02:06

    Quer dizer então que defender um mito de séculos de existência é certo e refutá-lo não, é isso seu ser estranho? Se hoje Dawkins tem mantido a militância no combate aos mitos cristãos é por que o seu deus odeia pessoas como ele ou como eu, se adorasse, com certeza vocês fundamentalistas não viriam aqui ou em outros lugares nos atacar, nos xingar, nos ofender, bem típico de vocês. Fora isso, se for para declarar uma guerra, vocês com certeza são os primeiros a fazer em nome de deus (como se nunca tivessemos visto isso ao longo da nossa existência). Até onde sei, a crença em deuses jamais foi algo de bom para a humanidade, pois ela igualmente é até hoje contemporânea a exploração de uma classe sobre outra: antes eram as crenças zoomorficas, hoje é a crença naquilo que não se pode ver, ouvir ou sentir, mitos criados para fazer terror psicológico nas mentes fracas de gente medrosa, medo e pavor. Vocês fundamentalistas só querem mais uma desculpa para impedir que a humanidade seja livre por dentro e por fora. Por isso, a liberdade que tanto pregam jamais existirá enquanto se valerem da má-fé, da hipocrisia, da intolerância, da antipatia e até da falta de ética e de respeito, sendo esse último algo que lhes falta com o próximo. E se você se ofendeu com o que eu disse, com certeza é por que sua categoria é de pessoa sem honestidade intelectual.

    ResponderExcluir
  16. Não querida, não é para você alimentar os trolls
    Estamos combatendo eles, os ignorando.

    ResponderExcluir
  17. Porque não podemos nos divertir com os trolls? É para isso que servem.

    PERGUNTA AOS TROLLS CRISTÃOS:

    QUANTOS REGIMES POLÍTICOS RELIGIOSOS EXISTEM ATUALMENTE?

    Arábia Saudita
    Iêmen
    Mauritânia
    Omã
    Sudão
    Irã
    Vaticano

    Onde você prefere viver, num estado religioso desses ou nos demais quase 200 estados "ateus"?

    ONDE A VIDA É MELHOR SEU TROLL ESTUPIDO?

    ResponderExcluir
  18. OUTRA PERGUNTA AOS TROLLS CRISTÃOS:

    Porque no Brasil os crentes preferem eleger presidentes reconhecidamente ateus?

    FHC - ATEU (8 ANOS)
    LULA - ATEU (8 ANOS)
    DILMA - ATEIA (8 ANOS?)

    Responde aí troll estúpido!

    Porque crentes são facilmente manipulados por religiosos e ateus?

    ResponderExcluir
  19. Eu acho um saco essa merda de "quem matou mais", parece até competição. Isso não é nem um argumento, é uma justificativa muito falha para o preconceito dos cristãos.

    Só para eles, comunismo nada tem a ver com ateísmo. Sim, morreram muitos em regimes ateístas, mas ninguém morreu em nome do ateísmo. Em nome do cristianismo, milhões foram assassinados.

    Mas não quero nem entrar neste mérito. Parece que quando os cristãos se deparam com pessoas que cometeram várias atrocidades em nome da fé, tentam justificar dizendo que "ah, mas eles mataram mais do que nós". Porra, mas mataram! Ninguém é santo aqui! Ateus matam, cristãos matam, e ponto final! Quando mostramos a vocês os cristãos que cometeram atrocidades, não queremos "demonizar" vocês, queremos mostrar que vocês não são os senhores da moral, dos donos da verdade, os filhos da puta que só fazem o bem e o certo. Cara, religião, ou falta dela, não define caráter, entendam isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luan, eu gosto dos seus comentários.

      Você é coerente, se articula bem e apresenta bons argumentos.

      Excluir
  20. Se crente tivesse argumento não seria crente.

    ResponderExcluir
  21. De qualquer forma Luan:

    "Ao longo da história, os piores crimes foram cometidos por ateus"

    ele classificou como "piores" mas tenho certeza que se fosse uma competição quem derramou mais sangue foi a igreja.

    ResponderExcluir
  22. Nao alimentem os trolls.

    ResponderExcluir
  23. Essa balela de quem matou mais já encheu o saco e não constitui argumento.Apenas mais uma falácia.

    ResponderExcluir
  24. Ninguém mata milhões por apenas "não crer em um deus do amor".

    O Homem mata por paixão, por fanatismo: ou à um deus ou à um regime político.

    ResponderExcluir
  25. O que seria zombar?Ele tinha de se explicar melhor.

    ResponderExcluir
  26. Se mataram em nome do comunismo ateu, mataram em nome do ateísmo.

    ResponderExcluir
  27. vou desenhar: "Se mataram em nome do comunismo ateu, mataram em nome do ateísmo."

    Você não desenha muito bem, não? Nem entende direito as coisas, não?

    Os "comunistas ateus" também eram outras coisas além disso, por exemplo, alguns eram torcedores do Ajax. Você diria que mataram "em nome do Ajax"?

    Não? Bem, consegue entender porque não, pelo menos?

    Ser algo não basta, em uma análise de causa e efeito, é preciso que exista uma relação entre ação e resultado. Ninguém mata devido ao ateísmo, ainda que um ateu possa matar como qualquer pessoa.

    Nada existe no ateísmo que resulte como consequência um ato dessa natureza. Um deus pode ordenar um assassinato, ou alguém pode considerar seu desejo que seja assim.

    Mas nenhum deus não pode "desejar" um assassinato ou definir que se dev agir assim.

    Ninguém mataria devido a não acreditar em Papai Noel.

    Não é muito difícil de entender, é? Stalin ainda mataria seus adversários e opositores, mesmo que não fosse ateu, ou que deixasse de ser.

    A função das mortes no comunismo russo era eliminar adversários do regime, não obedecer as ordens de deus ou seus desejos.

    Cognite Tute

    PS: Isso, a argumentação acima, é que se chama "desenhar" para ver se entende..:-)

    ResponderExcluir
  28. Vou desenhar de novo para o ateu sofista que gosta de enrolar:

    Se os que não acreditam em Papai Noel decidirem matar quem acredita nele, estarão MATANDO EM NOME DA SUA DESCRENÇA.

    É o que fizeram/fazem os ateus que conseguiram controlar Estados.

    É é como os ateus (comunistas, por exemplo) mataram e matam em nome do ateísmo.

    No caso do comunismo, mencione-se ainda o fato de que ateísmo e materialismo são a base fundamental da ideologia assassina comunista. Eliminar quem discorda da sua (des)crença ateísta-comunista é prática quase obrigatória entre os ateus marxistas.

    Ateus comunistas mataram (matam) em nome do ateísmo, modelo comunista no caso.

    E os "novos" ateus - radicais, supremacistas e "donos da verdade" como se apresentam - também perseguirão (aliás, já perseguem), punirão e matarão os que ousarem acreditar em algo que não seja seu escroto materialismo salvador e iluminador da humanidade.

    Só estão aguardando novas oportunidades.

    ResponderExcluir
  29. Anonimo doido, infelizmente (para você, não para mim..:-) eu prometi não alimentar mais trolls..:-)

    Se você acha que alguém poderia matar por "não acreditar em Papai Noel", quem sou eu para tentar explicar?..:-)

    Assim é se lhe parece..:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  30. Eu também tenho váááááárias explicações pro surgimento do universo. Nenhuma com provas, mas grande coisa né?

    ResponderExcluir
  31. Se uma pessoa é ruim acredita em deus, ela mata em nome de deus. Se uma pessoa ruim não acredita em deus, ela mata sem ter justificativa.
    Se uma pessoa boa acredita em deus, ela mata em nome de deus. Se uma pessoa boa não acredita em deus, ela não mata. Deu para entender?

    Pessoas ruins fazem coisas ruins. Para que pessoas boas façam coisas ruins é necessário religião.

    ResponderExcluir
  32. Eu também tenho uma teoria legal: o universo inteiro está contido em algo tipo um chocalho preso ao pescoço de um gato e, espera aí, acho que um filme já usou essa...

    ResponderExcluir
  33. "O que acho é que há uma conexão lógica entre acreditar em Deus e às vezes fazer coisas do mal ", disse Dawkins. "Mas não há nenhuma conexão lógica entre ser ateu e fazer coisas do mal."


    Pois eu gostaria de ver evidências dessa tal "lógica", porque até agora, não percebi nenhuma diferença entre um ateu e um teísta (religioso ou não).
    Mas me incomoda algumas coisas nos ateus brasileiros. Eles parecem se preocupar mais em atacar a religião do que em divulgar a ciência.
    Alguns argumentos contra a religião me parecem os mesmos que uma religião usa contra a outra e contra o ateísmo.
    Se preocupam com coisas que não me parecem nada importante. Como por exemplo tirar a frase "Deus seja louvado" das notas do Real. Que diferença isso faz para milhões de brasileiros que não tem um Real no bolso?
    Há muita coisa para ser feita nesse país. Muitas situações absurdas que precisam ser corrigidas. Mas os poucos grupos que se organizam não se preocupam com isso.
    Os gays só se preocupam com as questões da sexualidade. Os evangélicos só querem mais poder político e maneiras de impor a sua religião e visão de mundo e, enquanto que os atues se limitam a atacar a religião.
    Parece que esses grupos ainda não perceberam que estamos em um mesmo barco e quando ocorre uma crise todo se ferra.
    Que quando um político rouba, ele não quer saber se o contribuinte era ateu, católico ou evangélico, gay ou um garanhão que catava todas.

    ResponderExcluir
  34. Religião não define caráter, simples assim, o ateu matou, o religioso também, e ainda mata, vejam os muçulmanos fundamentalistas, matam em nome de Alah etc.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Colégio adventista expõe réplicas de dinossauros em evento criacionista

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Promotor nega ter se apaixonado por Suzane, mas foi suspenso