Internet deixa as pessoas menos religiosas, diz estudo


Mais internet e
menos religião

Pessoas que acessam com muita frequência a internet tendem a não ter afiliação religiosa.

A conclusão é de estudo feito pela Universidade de Baylor, uma instituição batista com sede em Waco [mapa], Texas, Estados Unidos.


Paul K. McClure, autor do estudo, afirmou ter constatado, também, que “as pessoas que passam muito tempo on-line são menos propensas a pensar que existe uma única religião verdadeira.”

McClure admitiu que os dados do estudo são antigos, de 2010, quando 1.714 americanos adultos foram submetidos a questões envolvendo internet e religião.

Ainda assim ele garantiu que o estudo continua válido, e um indicativo disso é que nos últimos anos cresceu o número de pessoas sem religião.

Com informação do Journal for the Scientific Study of Religion e outras fontes.




Internet aumenta número dos não crentes nos Estados Unidos

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.


Comentários