Masoquismo fez irmã Dulce dormir 30 anos em cadeira


Cadeira da fanática

Li estarrecido que a beata irmã Dulce dormiu durante 30 anos em uma cadeira de madeira, em penitência pela recuperação de sua irmã Dulcinha, que passou por uma gravidez de alto risco.

Com relutância, Dulce só desistiu do sacrifício diante dos diagnósticos de médicos de que tinha contraído grave enfisema pulmonar.

O que leva uma pessoa que ajuda aos pobres a ser tão perversa consigo mesma é o masoquismo cristão de que o ser humano precisa sofrer para merecer o Paraíso. É loucura.

Eu coloco a caridade de irmã Dulce sob suspeição porque ela pode ter feito o que fez para se mostrar a Deus o quanto era boa, salvando-se a si própria.

Ela ajudaria os pobres se Deus não estivesse olhando? Tenho a impressão que não.

Caridade mesmo é aquela que não contém expectativa alguma de recompensa, seja na Terra ou no Paraíso, ou agradar seja lá quem for.

Com informação do site Aleteia.




Documentos provam o quanto Madre Teresa foi inescrupulosa

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.