Marcelo Rezende tentou cura com João de Deus e Edir Macedo


Jornalista poderia ter
sobrevida de três anos

O jornalista e apresentador de TV Marcelo Rezende (foto) desistiu de fazer quimioterapia após a primeira sessão do tratamento no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Com câncer no pâncreas e metástase no fígado, ele não suportou os efeitos colaterais e resolveu obter a cura de Deus, por intermédio de orações e ajuda de religiosos.

Ele pediu pessoalmente um milagre ao bispo Edir Macedo, no Templo do Salomão, e ao médium João de Deus.

Rezende morreu cerca de quatro meses depois, no dia 16 de setembro de 2017, após muito sofrimento, o que ele queria evitar ao abandonar a quimioterapia.

Se tivesse continuado o tratamento médico, o jornalista poderia ter uma sobrevida de pelo menos três anos.

João de Deus orientou Rezende a adotar a dieta sem carboidratos do nutrólogo Lair Ribeiro, que é mais conhecido por seus livros de autoajuda.


Rezende teve consultas com Ribeiro e, em Ribeirão Preto (SP), com uma médica que adota o mesmo tratamento alternativo.

Pelas consultas e algumas cápsulas importadas, pagou cerca de R$ 50.000 por semana.

Por essa época, Rezende postou vídeos no Instragram.

Ele aparecia cada vez mais debilitado, magro e voz sumida, mas dizia que a cura estava próxima.

Parentes e amigos pediram que ele voltasse ao hospital, mas o jornalista se recusou, mantendo-se firme na crença do poder da oração.

Dizia que as recomendações dos familiares continham “forças negativas”, e se isolou.

Ribeiro disse que esteve uma única vez com Rezende, mas parentes disseram à Veja que houve vários encontros.

Em uma oportunidade, quando a doença já se encontrava em estado avançado, o nutrólogo teria dito a Rezende que “a dor é o caminho da cura”.

O jornalista só usou a ambulância estacionada ao lado de sua residência para morrer no hospital.

Entre outros bens, deixou 2.000 garrafas de vinho.

Os herdeiros colocaram a namorada dele para correr.

Com informação de Daniel Bergamasco e Meire Kusumoto, de Veja, e de outras fontes.




Hospital ensina a pacientes oração de cura pelas mãos

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.