Comissão veta culto no gabinete da Secretaria das Mulheres


A Comissão de Ética da Presidência da República pediu a Fátima Pelaes, secretária de Política para Mulheres, que não realize cultos evangélicos em seu gabinete.

Oração no horário de trabalho

O pedido foi feito após uma foto [acima] divulgada por uma revista ter flagrado um culto no gabinete.

Houve críticas ao governo Temer nas redes sociais.

Na época, funcionários da secretaria reclamaram que estavam sendo constrangidos a participar de rodas de orações.

Essa foi uma das raras vezes em que Pelaes esteve em destaque no noticiário, porque aparentemente ela nada vem fazendo em sua função.

Se orar resolvesse problemas, não se precisaria sequer de presidente.

Com informação do Yahoo Notícias e foto de arquivo pessoal.




Em Estado laico ninguém pode impor sua religião à sociedade

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.