Ao vivo: STF debate o ensino religioso





17:52 - G1 publica: STF adia decisão sobre ensino religioso

17:47 - Ministra Cármen suspende a sessão. Votação será retomada nos próximos dias.

17:47 - Placar está em 3 a 2 pelo acolhimento da ação.

17:47 - Fux acompanha o voto do relator.

17:42 - Fux: a laicidade garante a liberdade religiosa, mas historicamente o ensino religioso é não confessional

17:38 - Fux sinaliza que vai votar com o relator. Ou seja, contra o ensino religioso confessional.

17:29 - Ministro Fux começa a votar.


17:26 - Placar está em 2 a 2.

17:26 - Ela acompanha o voto de Barroso.

17:25 - Rosa diz que o ensino religioso só pode ser de natureza não confessional.

17:23 - Começa a votar a ministro Rosa Weber.

17:22 - Fachin também julgou improcedente a ação.

17:17 - Fachin acaba de defender o ensino religioso confessional facultativo.

17:15 - Fachin em cima do muro: Estado não deve obrigar em repartição pública a exposição de símbolo religioso, nem deve proibir.

17:09 - Mais: cidadãos secularizados devem aceitar os religiosos. "Processo de aprendizagem é processo de cidadania."

17:07 - Mais um argumento de Fachin contra o Estado laico: a Constituição brasileira não determina que a religião se limite à consciência.

17:03 - Fachin  continua defendendo o exercício da religião no espaço público. Cita exemplo da Corte Europeia de Direitos Humanos.

17:00 - Ministro agora começa a discordar... Ele defende a liberdade de religião. Diz que a divulgação da crença dever ser tanto em público ou privado.

16:52 - Fachin começa a mostrar concordância com o relator Barroso. Vamos ver se ele mantém o tom.

16:47 - Ministro Fachin começa a leitura de seu voto.

16:46 - Reaberta a sessão.

16:01 - Intervalo.

15:57 - Barroso diz que a presença das religiões das Forças Armadas e nos presídios se refere a adultos, e não a crianças, que devem poupadas de dogmatismos.

15:55 - G1 publica: ministro diverge de relator e defende promoção de crenças no ensino religioso.

15:54 - Barroso contesta Moraes dizendo que a maioria das religiões que participou da audiência pública se manifestou contra o ensino confessional.

15:51 - Moraes votou pela improcedência da ação ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) do ensino religioso confessional.

15:46 - Moraes defende o ensino confessional argumentando que algo parecido já existe nos presídios.

15:42 - Moraes defende a regulamentação do ensino religioso de maneira a contemplar as diversas crenças. E a descrença, não?

15:40 - Moraes agora fala sobre o acordo do Brasil com a Santa Sé. Diz que o acordo deve valer para todas as eleições

15:34 - Moares defende o ensino religioso confessional dizendo que, impedi-lo, seria 'dirigismo estatal", "religião estatal".  Ah, ah.

15:29 - Moraes agora defende a leitura de livros sagrados nas aulas de religião.

15:16 - Moraes continua falando abobrinhas. "Teologia revelada" e bla-bla-blá.

15:07 - Moraes admite que e possível estudar nas escolas as religiões de maneiras "descritivas". Mas o que ele defende mesmo é o ensino confessional.

14:59 - Moraes diz que a liberdade religiosa defende também os não crentes. Mas ele não sugere o ensino do ateísmo nas escolas, embora faça o mesmo em relação às religiões.

14: 55 - Moraes afirma que a não confessionalidade do ensino religioso seria uma "censura prévia". Ah, ah. Está ficando claro que ele está defendendo os interesses da Igreja Católica.

14:50 - Inacreditável: Alexandre de Moraes defende o ensino religioso confessional justamente porque, diz, o Estado é.... laico.

Ensino religioso não pode ser confessional, afirma Barroso

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.





Secretaria arquiva caso sobre professora que orava em classe

A responsabilidade dos comentários é de seus autores.