Reino Unido condena professor de Corão por abuso sexual


A Justiça do Reino Unido condenou o professor de Corão Mohammed Haji Sadiq, 81, a 13 anos de prisão por ele ter abusado sexualmente de crianças e adolescentes entre 1996 e 2006.

O criminoso era o imã da Mesquita de Cardiff, capital do País de Gales, onde tinha grande prestígio na comunidade muçulmana.


Sadiq foi denunciado por quatro de suas vítimas, agora mulheres adultas.

Em países de forte tradição muçulmana, as mulheres se sentiriam mais constrangidas em denunciar o depravado, por causa do exemplo de Maomé, que se casou com uma menina de 9 anos.

Com informação de sites internacionais.




Menina de 9 anos já está madura para se casar, diz muçulmano