Edir Macedo admite que oração não serve para nada


O bispo Edir Macedo escreveu em seu blog: “Não me lembro de ter alcançado uma só vitória na base da oração ou do jejum”.

Ele reconheceu que a comunicação com Deus é fundamental, mas ela tem de ser acompanhada por “atitudes aparentemente loucas” que contenham a “convicção do Espírito de Deus”.


Macedo afirmou que, nos 40 anos da Igreja Universal, aprendeu que o segredo do êxito é o "sacrifício", mas “exercitando a fé inteligente”.

Esse é um dos trechos controversos do texto, porque, para ter fé, não é preciso inteligência.

De qualquer forma, o texto vale pelas conclusões que sugere, como a de que Macedo, em um lapso de franqueza e a seu modo, reconheceu que o que faz a diferença são as atitudes, e não as ladainhas.

Pode-se concluir, ainda, que o dono da Universal admitiu, por linhas tortas, que ele é um espertalhão que se enriqueceu com a pregação de que as pessoas podem resolver seus problemas com orações.