Cientistas identificam os mais antigos fósseis de Homo sapiens



De acordo com nova avaliação, feita agora, os fósseis que foram descobertos na década de 1960 em Marrocos são os mais antigos de Homo sapiens.

Eles têm entre 300 mil a 350 mil anos, o que significa 100 mil anos antes da data que seria a da origem dos humanos.

Dois estudos que abordam o assunto foram publicados em junho de 2017 na revista "Nature".

O francês Jean-Jacques Hublin, diretor do departamento de Evolução humana do Instituto Max Planck em Leipzig (Alemanha) e coautor d3e um dos estudos, confirmou que se trata dos fósseis mais antigos da espécie humano.

Inicialmente, os fósseis foram datados com 40 mil anos e eles seriam de Neanderthal, o que agora não se confirmou.

Para determinar a nova datação, a equipe de Hublin analisou as características dos fósseis, como as morfologias facial, mandibular e dentária - similares aos humanos modernos recentes.

Os pesquisadores concluíram que esses hominídeos de Marrocos, da comunidade de Jebel Irhoud, fazem parte das primeiras fases evolucionárias do Homo sapiens.

Até então, o fóssil de Homo sapiens mais antigo tem data de 195 mil anos.

Reconstrução do crânio descoberto em Marrocos 

Com informação de sites internacionais e foto de divulgação.

Envio de correção



Biólogos querem pôr micróbios na 'Árvore da Vida' de Darwin


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog