PSC coloca general evangélico na presidência da Funai



Por indicação do PSC (Partido Social Cristão), o presidente Temer nomeou o general evangélico Franklimberg Ribeiro de Freitas (foto abaixo) para a presidência da Funai.

Descendente de índios da etnia Mura, do Amazonas, Franklimberg já estava na Funai, como diretor de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável.

O PSC é o “dono” do cargo de presidente da fundação, em troca de apoio ao governo.

O partido também tinha nomeado o titular anterior da fundação, o pastor Antonio Fernandes Toninho Costa, que foi tirado do cargo por incompetência.

Costa saiu da presidência da Funai alegando que o motivo foi sua recusa em aceitar nomeações políticas de funcionários, embora ele próprio estivesse no cargo por causa do PSC.

De acordo com opositores do governo, o interesse do PSC pela Funai seria a distribuição de verbas a ongs, entre as quais entidades religiosas.

O presidente do partido é o Pastor Everaldo, implicado na Operação Lava Jato sob a suspeita de ter recebido propina da construtora Odebrecht, entre outras acusações.

Franklimberg é evangélico
 e descendente de índio

Com informação da Funai e de outras fontes e foto de Alberto César Araújo/Aleam.

Envio de correção



Presidente da Funai apoia pregação cristã aos índios