Universal já tem templo dentro de presídios de oito Estados


Em Aracaju, templo usa uma
sala de hospital psiquiátrico

A Igreja Universal do Reino de Deus continua ocupando literalmente espaço dentro de presídios brasileiros. 

Ela já abriu templos em presídios de pelo menos oito Estados: Rio, Pará, Sergipe, Ceará, Amazonas, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Piauí,

Em Sergipe, o templo fica dentro de uma sala do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico, em Aracaju.

Bancando ou não os gastos da instalação dos templos, Universal não poderia se fixar dentro de uma instituição pública, por causo do Estado laico.

Ao menos em relação aos presídios do Rio, a igreja alega que se trata de espaços “ecumênicos”, para o uso, portanto, das demais crenças.

O governo Luis Fernando Pezão (PMDB) autorizou a igreja a construir templos nos 43 templos do Estado.

O Ministério Público do Rio instaurou procedimentos para apurar se esses locais são efetivamente ecumênicos.

O fato é que a Universal não convidou representantes de outras religiões para a inauguração de nenhum de seus espaços “ecumênicos”.

Com informação e foto da Igreja Universal.

Envio de correção.

Universal investe para obter o monopólio da fé nos presídios