Vereador de Osasco quer veto à ideologia de gênero nas escolas


Matias é mais um pastor
preocupado com o sexo alheio

O vereador e pastor Daniel Matias (foto), do PRP de Osasco, na Grande São Paulo, apresentou projeto de lei que, se aprovado, proíbe o ensino da ideologia de gênero nas escolas públicas.

Ele disse que o seu objetivo é “preservar a tradicional”.

Em outras palavras: Matias quer que as escolas não ensinem o já que ocorre aos olhos de todos, inclusive dos estudantes: homem pode se casar com homem e mulher com mulher.

E que boa família é aquela em que os cônjuges se dão bem, independentemente do sexo que tenham.

Matias é mais um vereador que, em vez de cuidar da cidade, está preocupado com o sexo alheio entre quadro paredes.

Para alguns psiquiatras, isso é doentio.

Com informação do Visão Oeste e foto do Facebook.


Vereador evangélico propõe confinar gays em uma ilha