Secretária das Mulheres usa gabinete para celebrar culto


Fátima Pelaes (primeira à esquerda)
constrange servidores com orações

O gabinete em Brasília da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, do Governo Temer, tornou-se templo evangélico.

A secretária Fátima Pelaes tem celerado cultos e rodas de orações no local, constrangendo servidores que não são evangélicos e aqueles que não endossam essa transgressão ao Estado laico.

“A equipe que assumiu [a Secretaria] tem essa mania”, disse um servidor à CartaCapital.

A revista conseguiu uma foto [acima] de um culto no gabinete, com a participação de um músico.

Pelaes é filiada do PMDB e foi deputada pelo Amapá.

Ela se mantém no cargo com o apoio de seu partido e o do PRB, que é o braço político da Igreja Universal.

Em 2011, seu nome apareceu nas investigações feitas pela Polícia Federal no caso em que o pastor Wladimir Furtado teria desviado R$ 2,5 milhões do governo federal.

A então deputada negou na época envolvimento com o pastor.

Fátima Pelaes se tornou evangélica após ter sobrevivido a um naufrágio no rio Amazonas em 2002.

Ela tem se pautado cada vez mais pelo fanatismo religioso.

Com informação da CartaCapital.

Envio de correção.

Em Estado laico ninguém pode impor sua religião à sociedade


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog