Wyllys reage ao prefeito que mandou tirar gays de livros


O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), na foto, disse que acionou sua assessoria para tomar medidas que impeçam o prefeito Thiago Flores (PMDB), de Ariquemes (RO), de arrancar páginas de livros didáticos que tenham referências aos homossexuais.

'Decisão é
o triunfo da
estupidez'
“Essa decisão é o triunfo da estupidez e da ignorância”, escreveu o deputado e militante gay em seu perfil no Facebook.

Wyllys disse que se trata de uma decisão que contém uma simbologia, acrescentando que Flores, se pudesse, exterminaria das escolas gays, lésbicas e bissexuais.

“Será que o prefeito populista e ignorante mandaria matá-los?”

Com informação do Facebook e foto de divulgação.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Em novo texto, Igreja Católica reafirma a sua homofobia