Prefeito diz ser respeitoso após expressar fanatismo religioso

Magalhães foi criticado na rede social
Depois de expressar fanatismo religioso em um decreto, o prefeito evangélico Jairo Silveira Magalhães, de Guanambi (BA), agora afirma que é respeitoso e que defende a laicidade do Estado brasileiro.

Além de entregar a chave da cidade ao “Senhor Jesus Cristo”, o decreto número um de Magalhães cancelou “todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”.

Nas redes sociais, o prefeito virou motivo de chacotas.

Agora, nota de sua assessoria de imprensa afirma que Magalhães “professa a sua fé de forma madura, responsável, e sempre se portou e se relacionou com todos os credos de forma respeitosa”.

É para rir ou chorar?

O prefeito pediu desculpas àqueles que se sentiram ofendidos, mas no decreto deixou claro que sua palavra “é irrevogável”.

O “Senhor Jesus”, que oficialmente tem a chave da cidade, não se manifestou sobre o caso.


Com informação da assessoria de imprensa do prefeito.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Cineasta faz advertência sobre fanatismo evangélico no Brasil
Prefeito diz ser respeitoso após expressar fanatismo religioso" data-mobile="" data-numposts="5">