Pastor acusa ateus de ataques a grupos cristãos no WhatsApp

Ataque a um grupo cristão
O pastor Henrique Santos, do ministério Resgatando Gerações, acusou ativistas ateus de estarem invadindo grupos cristãos de discussão no WhatsApp, transformando-os em “bagunça”.

Ele disse que os ataques atingem centenas de grupos, em “uma onda de desrespeito”.

O grupo "Ateu Humor" admitiu ser o autor de alguns ataques e emitiu uma nota de pedido de desculpas, o que foi aceito pelo pastor.

O que Santos não disse, talvez por não saber, é que há também cristãos tumultuando grupos de ateus, com ofensas e vandalismo.

Recentemente, por exemplo, o grupo Paulopes, onde se discute principalmente ateísmo e religião, teve seu logotipo suprimido por um suposto crente.

O pastor pediu às autoridades e ao WhatsApp “alguma providência”, mas já existe uma solução simples: basta o moderador do grupo expulsar o transgressor.

Com informação do Portal Padom e de outras fontes.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Pastor afirma que internet deixa crianças vulneráveis aos ateus

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog