Na Itália, padre não monta presépio para não ofender ateus

O padre Sante Braggiè (foto), da cidade italiana de Cremona, não montou presépio no cemitério da cidade para não ofender ateus, além de muçulmanos e pessoas de outras religiões não cristãs.

Braggiè tem sido
criticado inclusive
por outros padres
A decisão do padre foi criticada por autoridades e por membros da Igreja Católica.

O padre Oreste Mori, antecessor de Braggiè na paróquia, por exemplo, referindo-se mais aos muçulmanos, disse que a Itália não pode renunciar a sua cultura e tradições.

“Isso seria uma imperdoável fraqueza.”

Políticos da cidade esperam que Mori mude de ideia e peça desculpas aos cristãos.

Com informação do Corriere Della Sera e foto de divulgação.


Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Suécia abre primeiro cemitério do mundo para ateus