Muçulmanos da Austrália fazem campanha contra Peppa Pig



Lideranças muçulmanas da Austrália estão fazendo uma campanha contra o desenho animado britânico Peppa Pig, que passa em mais de 150 países, incluindo o Brasil, para crianças em idade pré-escolar.

Imãs querem substituir
a porquinha pelo desenho
da família Abdullah 
Peppa Pig é uma simpática porquinha cor-de-rosa. É brincalhona e desobediente. Ela costuma dizer: "Papai é bobinho".

As histórias da série mostram o relacionamento dela com a família, seus pais e o irmão George.

Ela e o irmão adoram brincar na lama.

Para o Conselho Nacional de Imãs da Austrália, Peppa Pig é inadequada para as crianças muçulmanas porque não promove os "princípios, ética e valores" do Islã.

O conselho pediu aos pais que desliguem a TV no horário do desenho.

Contudo, o que mais está movendo a campanha das lideranças é o fato de o porco ser considerado animal impuro pela sua religião.

Alcorão 2, 168 determina: “São-vos proibidos para a alimentação: a carne putrefata, o sangue, a carne de porco”.

Com arrecadação de fundos, o conselho está apoiando a One4Kids, que se prontificou a oferecer uma alternativa à porquinha.

A produtora já gravou pilotos com história da família Abdullah, que vive em Barakah Hills, uma cidade fictícia cuja maioria da população é muçulmana. Ver vídeo abaixo.


Com informação das agências e fotos e vídeo de divulgação.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Editora veta a palavra 'porco' para não ofender religiosos


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog