PSOL quer derrubar lei que veta sacrifício religioso de animais



O PSOL-SP protocolou uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei de Cotia (SP) que proíbe a mutilação ou o sacrifício de animais em rituais religiosos e em pesquisas.

Lei vigora na cidade paulista de Cotia 

A iniciativa do partido atende a uma solicitação de seguidores de religiões de matriz africana.

Em vigor desde setembro, a lei fixa multa de R$ 700 aos terreiros que usar animais em seus rituais, com o poder, inclusive, de fechá-los.


Líderes de Umbanda e Candomblé argumentam que a lei é inconstitucional porque fere o direito de liberdade de crença.

Estima-se que Cotia tenha 850 terreiros.

Com informação do site do PSOL.


Envio de correção.

Indiano mata filho de oito meses em sacrifício à deusa Kali



Postar um comentário