Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Diretora proíbe trabalho de estudantes sobre pomba gira

Pomba gira é uma divindade da umbanda
com correção do nome da dona da escola

Um vídeo [ver abaixo] gravado por estudantes flagrou Ana Trindade, diretora e dona em Ananindeua de uma escola de Ananindeua (PA), proibindo que alunos fizessem um trabalho sobre pomba gira, que é uma entidade da umbanda.
A cidade tem mais de meio milhão de habitantes e fica na região metropolitana de Belém.

“Pomba gira? Credo!”, disse a diretora diante da insistência de estudantes.

Ela alegou que o tema não poderia ser abordado porque a orientação do Centro de Educação Trindade é cristã.

Queixou-se das críticas que tem recebido nas redes sociais e ameaçou processar seus detratores.

Admitiu ter sido intolerante, mas, argumentou, foi uma necessidade porque alunos ameaçaram “baixar” a pomba gira em sala de aula e até “fechar a escola com as entidades deles”.

“Muitos pais reclamam da umbanda, então, pensando na maioria, acabei proibindo o trabalho", afirmou.

A pomba gira é uma personagem da cultura afro-brasileira. Pela lei 0639/03, ela e outras divindades deveriam ser apresentadas aos estudantes. A lei, contundo, ainda não pegou na maioria das escolas.

Se alguém recorrer ao Ministério Público do Pará, Conceição e a sua escola poderão ter de responder à Justiça por discriminação religiosa.

Já à ignorância de Trindade, não cabe recurso jurídico.



Com informação e vídeo do Diário Online.

Envio de correção.

Grupo de discussão no WhatsApp.


Ex-Bruna Surfistinha diz estar feliz como médium de umbanda


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...