sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Serra suspende passaporte diplomático só de um pastor

O ministro José Serra (Itamaraty) formalizou com publicação no Diário Oficial a suspensão do passaporte diplomático que ele concedeu ao pastor R.R. Soares, chefe da Igreja Internacional da Graça de Deus, e o de sua mulher, Maria Magdalena Bezerra Ribeiro Soares.

Outros religiosos
continuam tidos
como 'diplomatas'
A suspensão, aliás, já tinha sido determinada pela Justiça.

O fato é que outros pastores e bispos católicos continuam desfrutando do privilégio, e não se sabe até quando.

Pastores como Edir Macedo, Valdemiro Santiago e Samuel Cássio Ferreira. Este, inclusive, aparece nas investigações da operação Lava Jato.

Quando concedeu o passaporte oficial a R.R. Soares, Serra argumentou que apenas estava seguindo a isonomia, já que outros religiosos possuem o documento.

Como a lógica da isonomia continua valendo, agora o Itamaraty deveria “convidar” todos os religiosos que detêm o passaporte diplomático a entregá-lo.

Ou será que algum cidadão recorrera à Justiça, como ocorreu no caso do R.R, Soares, para que o Itamaraty decida o que já foi decidido?

Com informação do Diário Oficial da União.

Serra dá passaporte diplomático a pastor envolvido na Lava Jato


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...