Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sábado, 9 de julho de 2016

Evangélicos ocupam Câmara de SP para pregar intolerância

Religiosos usam estrutura do Legislativo
para celebrar cultos com pregação do ódio

Evangélicos de algumas denominações estão ocupando instalações da Câmara Municipal de São Paulo para celebrações de cultos com pregações de intolerância em relação a outras religiões e de preconceito contra homossexuais. A informação é do “Estado de S.Paulo”.

Os religiosos estão cometendo, assim, duas transgressões: uma contra o Estado laico, porque a Câmara não pode ser usada como templo, e outra porque estão disseminando ódio.

Fiéis da Igreja Universal e da Igreja Bola de Neve estão entre os invasores daquele local.

A ocupação da Câmara tem tido o apoio dos vereadores evangélicos, principalmente de Eduardo Tuma (PSDB).

Entre janeiro e junho deste ano, os evangélicos realizaram ali 24 atos, quase um por semana, segundo levantamento feito pelo jornal, com base na agenda de eventos do Cerimonial da Câmara.

Editorial do jornal defendeu que “é preciso dar um basta a essa ilegal e perigosa utilização de instalações e de recursos públicos — os custos daquelas reuniões são bancados pelos cofres municipais — para fazer proselitismo religioso e incentivar a intolerância.”
Com informação do Estado de S.Paulo.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...