Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

terça-feira, 19 de julho de 2016

Casados pela segunda vez não devem fazer sexo, diz arcebispo

Orientação é para que recasados não cometam pecado

A Arquidiocese de Filadélfia (EUA) adotou no dia 1º de julho diretrizes orientando católicos divorciados e casados pela segundo vez no civil a se absterem de sexo, para não cometer pecado.

O arcebispo Charles Chaput disse que esses casais devem viver com “irmão e irmã”, um cuidando de outro.

Ele é um líder católico que se destaca nos Estados Unidos pelo seu conservadorismo.

As mesmas diretrizes orientam os padres a separar casais católicos que não foram unidos pela Igreja — homem e mulher que vivem juntos e que não estejam se dando bem.

Recomendam, também, que os sacerdotes aconselhem os católicos que se sentem atraídos por pessoas do mesmo sexo a procurarem penitência.

O documento da arquidiocese afirma que o casamento heterossexual pode dar certo, inclusive com geração de filhos, mesmo que um dos cônjuges tenha “algum grau de atração por pessoas do mesmo sexo”.

Para um observador mais crítico, as diretrizes da Arquidiocese de Filadélfia oferece pelo menos duas outras leituras: o arcebispo Chaput é um reprimido sexual, como ocorre geralmente com os conservadores, e o que ele propõe é a adoção da hipocrisia, uma velha companheira da Igreja Católica.

Com informação do The Guardian.



Bater na mulher faz parte do bom casamento, diz saudita

Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...