Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Nos EUA, mulheres desistem mais das igrejas que homens

Desde os anos 70, se mantém nos Estados Unidos a tendência de as mulheres desistirem de frequentar cultos, missas e demais serviços religiosos em proporção maior do que os homens. A conclusão é do Pew Research Center, que analisou dados históricos da General Social Survey.

Afastamento das mulheres
se deve principalmente
ao conservadorismo
A tendência vale tanto para as mulheres mais instruídas como para a menos.

No início da década de 1970, 36% das mulheres relataram que passaram a frequentar menos os templos, contra 26% dos homens, havendo, portanto, dez pontos percentuais de diferença.

Desde então, houve oscilação nessa diferença, mas as mulheres sempre se mantiveram à frente.

David McClendon, do Pew, disse que, para explicar o afastamento das mulheres dos templos, há várias razões possíveis.

Entre elas, está a entrada das mulheres no mercado de trabalho, sobrando-lhes, portanto, menos tempo para atividades religiosas.

Segundo ele, também se destaca o fato de que a sociedade americana estar se tornando cada vez mais em religião, o que se acentuando nos últimos anos.

Para McClendon, o que parece certo mesmo é que o conservadorismo das religiões, com condenação ao aborto, por exemplo, tem sido fator preponderante pelo aumento do desinteresse crescente das mulheres pelas religiões organizadas.

Com informação do site USCA Annenberg.






Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...