Papa Francisco faz crítica ao 'exagero' do Estado laico francês

O papa Francisco (na caricatura abaixo) criticou a França por “tender a exagerar na laicidade de Estado”, a ponto de a religião ser considerada no país uma “subcultura”.

Francisco lamenta que
que religião seja tida
 como uma subcultura
Disse que "um Estado deve ser laico [porque] “estados confessionais terminam mal”.

Mas, segundo ele, no caso da França, tem havido exagero porque a religião “é uma cultura verdadeira”.

As informações são do jornal La Croix.

O relacionamento entre a França e a Santa Fé deu uma esfriada depois que Francisco recusou dar o “ok” a um embaixador francês assumidamente homossexuais, embora, como se sabe, há na Igreja Católica muitos gays dentro do armário, alguns pedófilos.

Com informação das agências.






Postar um comentário