Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

sábado, 26 de março de 2016

Igreja de Milão suspende padre suspeito de prostituição infanfil

O arcebispo de Milão suspendeu o padre Paolo Lesmo (foto), 46, de suas funções na diocese diante das acusações da Justiça italiana de prostituição infantil, informa um comunicado do arcebispado divulgado em plena Semana Santa.

Padre pagava
até 200 euros
por encontro
Lesmo é acusado pelo Ministério Público de Milão de manter relações sexuais via internet com um menor. O jovem se prostituía para conseguir dinheiro para comprar cocaína.

De acordo com a Justiça italiana, o caso ocorreu, entre 2009 e 2011, quando o jovem tinha entre 15 e 17 anos. O padre pagava entre 150 a 200 euros por "encontro".

O crime foi descoberto, segundo o jornal italiano La Repubblica, quando o jovem foi hospitalizado por uma tentativa de suicídio, em 2011.

O arcebispado de Milão diz que foi informado sobre o inquérito no último dia 2.

O padre, segundo o comunicado, já havia sido questionado pelas autoridades em 2013 em sua paróquia, "mas não avisou aos seus superiores da diocese".

"O cardeal Scola e seus colaboradores expressam seu espanto e tristeza, e rezam pela vítima, por seus familiares e pelo padre Lesmo", diz o comunicado, que pede aos paroquianos que se mantenham "unidos" nas celebrações da Semana Santa.

A Congregação para a Doutrina da Fé também abriu um processo judicial de direito canônico para investigar o caso.

Com informação das agências.







Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...