Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Frei de Belém pede a fiéis jejum de WhatsApp na quaresma

Aparentemente o frei Arilson Lopes (foto), de Belém (PA), não ficou sabendo que o papa Francisco disse recentemente que as redes sociais são uma dádiva de Deus, porque ele pediu aos fiéis de sua paróquia que, durante a quaresma, façam jejum de WatsApp e Facebook.

Lopes apelidou
o aplicativo de
'Diabozap'
"Antes, eu recomendava aos fiéis que deixassem de ver novelas na Quaresma, depois pedi que não usassem o Orkut e neste ano incluí o Facebook e o WhatsApp", disse o frei Arilson Lopes ao repórter José Marques, da Folha de S.Paulo.

Lopes, que gravou um vídeo com sua recomendação, apelidou o WhatsApp de “Diabozap”, porque, segundo ele, o aplicativo estimula a infidelidade conjugal.

Mas o próprio frei não está se submetendo ao jejum tecnológico porque o repórter se comunicou com ele por intermédio do WhatsApp. O sacerdote deu a desculpa de que o aplicativo está liberado para “evangelizar”.

No Brasil, outros sacerdotes sugeriram aos fiéis que não acessem a rede social durante a quaresma. Alguns fiéis estão fazendo o jejum, mesmo sendo prejudicados em suas comunicações profissionais.

Com informação da Folha de S.Paulo.





Evangélico antitecnologia prende filho por uso de celular

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...