Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Editor faz comparação do livro de Hitler com Bíblia e Corão

O editor Luiz Fernando Emediato, da Geração Editoral, está preparando a publicação da autobiografia de Hitler, “Minha Luta” (Mein Kampf), livro que agora pertence ao domínio público.

Emediato disse que
há pregação de ódio
nos três livros
Ele rebateu as críticas de que não deveria publicar o livro admitindo que, sim, “Minha Luta” é belicoso, como tantos outros, incluindo a Bíblia a o Corão.

Para o editor, o livro ícone do nazismo tem de estar disponível por ser um documento histórico, embora seja "um panfleto de propaganda política e racista raivosa, ressentida, violenta e equivocada".

“Há livros que, pelo bem ou pelo mal que causam, precisam ser lidos”, disse Emediato.

“Quem defende tal ideia [restringir o acesso ao livro] é autoritário como Hitler e a ele se iguala. Existem perigos em muitos livros, até na Bíblia — que autoriza sacrificar filhos e apedrejar adúlteras — e no Alcorão — que manda decapitar infiéis.”

A Geração Editoral colocará à venda em março o livro de Hitler, em edição comentada.

Já a Bíblia e o Corão são vendidos livremente, sem que ninguém reclame.





Com informação da Veja São Paulo.

Bíblia relata mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...