Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Francesa conta como foi recrutada pelo Estado Islâmico

da tvi24

Não se sabe o nome, nem a idade, apenas que é francesa, que se converteu ao Islã para se juntar ao Estado Islâmico e que é uma das mais jovens a integrar o programa nacional de desradicalização religiosa.

Jovem foi aliciada
por uma mulher por
intermédio da internet
A história foi contada pela própria Joanna (nome fictício) em entrevista à CNN em Paris. Uma história que espera que seja suficiente para convencer muitas outras jovens a não seguirem o mesmo caminho.

Ela afirmou que foi aliciada por uma mulher “diretamente envolvida nos atentados de Paris” de 13 de novembro, que a queria levar para a Síria.

Foi contatada pelas redes sociais, e não sabe como a mulher chegou até ela, mas deixou-se levar pelas palavras que confortaram a sua vulnerabilidade. E, quando deu por isso, converteu-se ao Islã.

Mas teve sorte. A mãe descobriu, avisou as autoridades e a polícia conseguiu chegar a tempo.

“Joanna” é uma das mais jovens a cumprir o programa nacional de desradicalização, que implica ainda que se tenha de apresentar diariamente na esquadra.

Com essa “confissão” à CNN, Joana quer “abrir os olhos” das moças como ela, vulneráveis, incompreendidas e, por isso, alvos fáceis para quem sabe ter uma palavra de conforto.

“Eu recebia imensas mensagens deles, estava constantemente em contato. Eles davam sentido à minha vida, faziam-me pensar que tinha um papel importante nesta vida. Eu realmente senti-me amada, até mais do que pela minha família”, disse.

“Joanna” cortou todos os contatos com os recrutadores do Estado Islâmico e nem telefone tem para não se sentir tentada a restabelecer o contacto.

“Diziam-me que a minha família iria rejeitar-me, deixar de me amar, e que os únicos que me amariam seriam os meus irmãos e irmãs do Islã. Depois, quando havia um problema familiar era inevitável recorrer a eles. (...) Não passou de manipulação e, infelizmente, eu caí na armadilha", assumiu.





Jovem que se juntou ao Estado Islâmico foi estuprada e morta

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...