sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Sacerdotes alugam imóveis do Vaticano para bordéis

Francisco não consegue pôr
em ordem sua própria casa
Um novo vazamento de informações, o Vatileaks 2, revelou que padres estão alugando imóveis do Vaticano a bordéis, saunas de gays e casas de massagem. Parte desses imóveis fica perto do parlamento italiano e de um solário próximo à Piazza Barberini.

Os imóveis estariam em nome Congregação para a Propagação da Fé, que é um departamento do Vaticano.

De acordo com os jornais The Independent e Daily Mail, alguns desses imóveis foram alugados por autoridades do Vaticano para receber como pagamento “favores sexuais”.

Vatileaks 2 confirmou informações publicadas pela imprensa italiana em março de 2013 segundo as quais o Vaticano tinha investido € 23 milhões (equivalente atualmente a R$ 94 milhões) na compra em 2008 de 20 apartamentos de um complexo em Roma que abriga a maior sauna gay da Europa, o Europa Multi Club. No complexo moravam 18 cardeais.

A compra dos apartamentos teria sido por decisão do cardeal Tarcisio Bertone, que foi braço direito do papa Bento XVI.

Pelo Vatileaks 2, Bertone desviou 200.000 mil euros (cerca de R$ 820 mil no câmbio de hoje) de uma instituição de caridade de assistência médica para reformar seu apartamento.

O vazamento do novo escândalo coincide com o momento em que o papa Francisco pediu aos sacerdotes que evitem todas as tentações de poder, de prestígio e do dinheiro, acrescentando que quer uma Igreja humilde e pobre.

Com informação do The Independent, do Daily Mail e de outras fontes.





Huffington Post publica que Bento 16 seria gay enrustido
Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...