Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Na China, empresa não contrata quem é de escorpião e de virgem

Astrologia é a
mais antiga das
pseudociências
Embora a astrologia seja considerada a mais antiga das pseudociências, muitas pessoas ainda acreditam em horóscopo, levando-o a sério demais.

Esse é o caso de uma empresa de curso de inglês na China, que anunciou uma vaga de emprego com o esclarecimento de que profissionais dos signos de escorpião e de virgem não serão aceitos.

“Preferimos pessoas de capricórnio, peixes e libra”, destacou o anúncio.

Xia, a gerente da empresa, afirmou que escorpianos estão descartados porque têm personalidade forte e sofrem de oscilações de humor.

Já os virginianos — disse — são muitos críticos e permanecem pouco no emprego.

"Eu já contratei pessoas com esses dois signos e ambos discutiam com os colegas e não cumpriam suas tarefas", disse Xia.

O anúncio teve forte repercussão na internet da China.

Um internauta ironizou: “Estou condenado ao desemprego eterno. Sou de escorpião”.

As origens da astrologia estão na Babilônia há cerca de 3.500 anos atrás, na dinastia de Hamburábi.

Astrônomos gregos já zombavam da astrologia e depois, em 44 a.C., Marcus Túlio Cícero fez uma crítica devastadora à pseudociência.

O estadista romano escreveu: “Que loucura completa destes astrólogos em considerar os vastos e lentos movimentos e mudanças nos céus e presumir que o vento e a chuva não têm nenhum efeito no nascimento!”.

Mesmo assim, a astrologia sempre teve muitos seguidores, chegando ao seu auge no século 20. Ela pode ser colocada ao lado das crendices religiosas.

Com informação das agências.





Com 3.500 anos, astrologia é a mais antiga pseudociência

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...