Pastor afirma que emagrece fiéis apenas com oração

Governo deveria 
convocar Assis para
dar plantão no SUS
Até agora não há pastor que faça mão ou pé de amputado crescer — aliás, um milagre que não aparece nem na Bíblia —, mas Valmor Brígido Assis (foto), 39, líder da Igreja Evangélica de Deus de Criciúma (SC), tem a solução para a obesidade endêmica que assola o Brasil. Ele garante que faz emagrecer as pessoas instantaneamente apenas com oração.

Em um vídeo [ver reprodução abaixo], o pastor mostra que, após “cirurgia invisível” de redução espiritual de estômago, a saia de uma fiel ficou larga na cintura. “Palmas para Jesus.”

A versão original do vídeo, postada no Youtube pelo próprio pastor, já foi acessada mais de 10 milhões de vezes.

Assis não é o único pastor a oferecer o milagre do emagrecimento. Há outros, e cada vez mais.

Alguns fiéis dão testemunho de que a unção do emagrecimento funciona.

A dona de casa Amanda, 20, por exemplo, disse ao jornal Extra, que perdeu 3 quilos apenas no momento da oração.

“Depois, perdi mais. E não faço nada, só fico em casa. Pesava 81 quilos e agora estou com 69.”

O Ministério da Saúde deveria convocar esses pastores para dar plantão no SUS, de modo que eles pudessem resolver o problema do excesso de peso dos brasileiros a custo zero. Haveria economia de milhões de reais.

Nesse caso, a polícia prenderia o pastor que não conseguisse emagrecer ninguém — para verificar isso bastaria uma balança — sob a acusação de prática de charlatanismo.

Mas, caindo na real, isso não seria possível no Brasil porque aqui o direito à crença, previsto na Constituição, funciona para pastores como direito de enganar os crentes.

Trata-se de uma forma de enriquecimento ilícito permitido pela lei.

A solução para isso?

Só investimento em muita educação, em escolas, para que nas próximas gerações haja menos pessoas tontas.

Com informação do “Extra” e imagens do Youtube.





João de Deus 'usa velhos truques', afirma James Randi

Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog