sexta-feira, 26 de junho de 2015

Deputado holandês mostra charges de Maomé na TV

Esses cartoons são da exposição no Texas que
foi atacada por dois atirados muçulmanos 

 O deputado Geert Wilders, do PVV (Partido da Liberdade) da Holanda, aproveitou o seu horário político na TV para mostrar na quinta-feira (25) charges de Maomé.

Os muçulmanos consideram desrespeitosa qualquer tipo de representação de Maomé. Os radicais têm agido com violência, como no caso no atentado ao jornal satírico francês Charlie Hebdo, quando mataram quatro cartunistas.

Wilders pretendia exibir as charges na semana passada, mas na sua gravação que foi enviada para a TV não estavam os desenhos, no que ele entendeu ser uma sabotagem.

O horário público na Holanda é pouco visto, mas desta vez obteve boa audiência.

De acordo com uma fundação que mede a audiência da TV, as caricaturas de Maomé foram vistas por 253 mil pessoas, contra a média de 198 mil que esse tipo de apresentação costuma ter.

A instituição islamita sunita Al-Azhar, com sede no Egito, condenou a apresentação dizendo que se tratava de provocação de uma “imaginação doentia”.

Em comunicado, pediu “a todos os muçulmanos que ignorem este ato terrorista odioso”.

No vídeo, Wilders afirmou que a liberdade de expressão sempre deve prevalecer sobre a violência.

As charges do vídeos são as mesmas que em maio estiveram em exposição em Garland, Texas (EUA), no Centro Curtis Culwell, que na oportunidade foi atacado por dois muçulmanos — eles foram mortos por policiais antes que pudessem matar alguém.

Com informação das agências e vídeo do Youtube.





Polícia mata atiradores em exposição de caricaturas de Maomé

Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...