Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Vereadores de Embu decidem doar R$ 100.000 à Marcha para Jesus

Dinheiro de contribuintes de
todas as religiões e de ateus vai
financiar evento evangélico
A maioria dos vereadores de Embu das Artes (SP) incluiu no Orçamento da cidade R$ 100.000 para a realização em 2016 da Marcha para Jesus. A proposta foi apresentada pelos vereadores Ney Santos (PSC), Gilson de Oliveira (PT) e Jefferson Sequeira (PR), todos evangélicos.

Movida pelo Ministério Público, a Justiça tem anulado decisões como essa em outras cidades, porque prefeitura não pode destinar recursos a nenhuma atividade religiosa, de acordo com a laicidade do Estado brasileiro.

Em relação a Embu, o Ministério Público ainda não se manifestou.

A cidade tem 240 mil habitantes. fica a 23 km de São Paulo e o seu prefeito é Francisco Nascimento de Brito (PT). Ela tem graves problemas a administração de recursos dos contribuintes.
O dinheiro que vai ser doado aos pastores organizadores da marcha vai fazer falta, por exemplo, ao pronto socorro.

Ao final de 2014, houve uma manifestação contra o estado precário do atendimento. Faltavam na unidade cadeiras e macas para os pacientes e ventiladores, além de higiene. O lixo estava acumulado e havia um cachorro que parecia morar no local.

Na mesma sessão que liberou o dinheiro aos evangélicos, a Câmara aprovou moção de aplauso, de autoria do vereador Pedro Valdir, ao apóstolo Valdemiro Santiago, pelos 17 anos de existência da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Já se tornou rotineiro a celebração de cultos no plenário da Câmara.

Com informação do Jornal da Net e de outras fontes.





TJ impede que cidade gaste dinheiro com Marcha para Jesus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...