Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Lei religiosa corta carne bovina de tigres e leões de Mumbai

Parque Nacional agora só
alimenta tigres de bengala
com carne magra de frango
O governo do partido nacionalista hindu do Estado de Maharashtra, na Índia, baixou uma lei proibindo a venda de carne bovina.

A proibição impõe uma tradição hinduísta não só a pessoas de outras religiões, como cristãos e muçulmanos, e aos céticos, mas também aos nove tigres de Bengala, três leões, 14 leopardos e três abutres do Parque Nacional Sanjay Gandhi, em Mumbai.

Na dieta desses animais, a carne vermelha foi substituída pelo frango. Ou seja, por ordem do governo, eles também têm de aderir a uma religião, a oficial.

Quem descumprir a lei poderá ser condenado até a cinco anos de prisão.

Para os hindus, os bovinos são sagrados por estarem associados a várias divindades. Esses animais são considerados mais puros do que os próprios sacerdotes. Mesmo assim, alguns hindus ocasionalmente consomem a chamada “carne de vaca”.

A proibição da lei não se estende à carne de búfalo, mas sua produção é pequena para suprir uma demanda que cresceu com o veto à venda da bovina.

Além disso, a carne bubalina desapareceu do mercado nas últimas semanas por causa de uma greve dos produtores — na maioria muçulmanos — em protesto à nova lei do governo nacionalista.

A ativista Noorjehan Safia Niaz declarou ao Indian Express que a proibição prejudica as comunidades mais pobre de cristãos, muçulmanos e dalits, porque a carne bovina custa menos do que o frango.

Shailesh Bhagwan Deore, funcionário do parque, disse que o frango e o búfalo, ambos de carne magra, já faziam parte da dieta dos animais, mas ele teme que a suspensão do bovino possa enfraquecê-los. É da natureza de tigres e leões comerem carne vermelha, disse.

Para liberais indianos, a nova lei pode ser indicativo de que a direita hindu está disposta a se fortalecer ainda mais no país impondo a intolerância religiosa.

Com informação do News York Times e Indian Express e foto de divulgação. 





Muçulmano diz que abate ‘prima pelo bem-estar’ do animal


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...