Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Mulher guarda marido morto para que Deus o ressuscite

Canadense orou por
seis meses para que 
marido voltasse à vida
A canadense Kaling Wald guardou o cadáver de seu marido em um quarto no segundo andar de sua casa por seis meses na expectativa de que Deus o ressuscitasse.

Kaling vedou as frestas da porta e da janela do quarto com fita adesiva para que não se espalhasse o odor da decomposição. Ela mora na cidade de Hamilton, na província Ontário.

Peter, o marido, morreu aos 51 anos em decorrência do agravamento de diabetes, doença que contraiu em 2013. Ele se recusou a um tratamento médico por acreditar que obteria cura por intermédio de orações.

O corpo foi descoberto pela polícia no dia 17 de setembro de 2013 por causa de uma ação de despejo da família de Kaling por não pagar a hipoteca da casa.

A mulher foi levada ontem a um juiz da cidade sob a acusação de não dar um destino digno ao corpo do marido e de ter colocado em risco a saúde pública.

A Justiça retirou as duas acusações diante da argumentação de Kaling de que ela desconhecia que guardar cadáver é crime. Disse que só teve a bia intenção de que o marido voltasse à vida.

Seu advogado também conseguiu sensibilizar o Tribunal com a afirmação de que a fé deformou o juízo de sua cliente.

Mesma assim Kaling recebeu a pena de 18 meses de liberdade condicional, além de ter de procurar aconselhamento.

A mulher disse que a repercussão que obteve na imprensa não abalou sua fé. Ressaltou que continua acreditando na ressurreição, de acordo, segundo ela, os muitos casos “documentados” registrados em várias regiões do mundo.

Com informação do site CBC News, entre outras fontes.





Família esperou, mas Neide não ressuscitou
outubro de 2009


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...