Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Uruguai é o país menos religioso da América Latina, diz pesquisa

Uruguaios estão 
se libertando dos
 dogmas cristãos
O Uruguai se destaca como o país menos religioso da América Latina. Estudo do Pew Research Center, um instituto norte-americano, apurou que 37% dos uruguaios dizem que não têm religião, o que inclui ateus e agnósticos. No Brasil, esse percentual é de 8% e no Paraguai, de apenas 1%.

Nos demais países latino-americanos, a média das pessoas não religiosas é de 20%.

De acordo com a pesquisa, 29% dos uruguaios disseram que rezam todos os dias, contra 61% dos brasileiros. Do total da população brasileira, 45% informaram que vão à missa ou ao culto pelo menos uma vez por semana.

Um estudo do instituto chileno Latinobarómetro, divulgado em abril de 2014, já tinha confirmado que a secularização tem avançado no Uruguai. No país, no período de 1996 a 2013, o número de ateus, agnósticos e sem religião aumentou 18%, enquanto a população de católicos caiu de 60% para 41%. Entre os ateus está o presidente José Mujica.

Diferentemente do Brasil e de outros países latino-americanos, no Uruguai a pregação conservadora cristã tem pouca interferência na vida da população.

Tanto que, de acordo com o Pew, a maioria (57%) acha que os líderes religiosos não devem ter nenhuma influência na política. A maioria (62%) também é favorável ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A América Latina tem 425 milhões de católicos, o que corresponde a 40% do total dos fiéis dessa religião no mundo.

O instituto mostrou que a simpatia do papa Francisco não tem conseguido deter a migração de fiéis para o protestantismo. O processo de conversão continua acelerado. Entre as religiões evangélicas, as pentecostais têm se recebido mais seguidores.

Apenas 9% da população da América Latina foi criada dentro de igrejas protestantes, mas, hoje, 19% se declaram protestantes, afirmou o estudo.

No Brasil, uma em cada cinco pessoas saiu da Igreja Católica para se tornar evangélica ou deixar de seguir qualquer religião.

Entre os motivos da conversão às denominações evangélicas estão experiências com “curas milagrosas” e “maior conexão com Deus”.






Presidente do Uruguai assume que não acredita em Deus
maio de 2012


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...