Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Islamismo se torna principal causa do terrorismo global

Atentados religiosos lideram o terrorismo internacional
O extremismo religioso superou o extremismo nacional-separatista — como o do Ira e do rebeldes chechenos — e, desde 2001, se tornou a principal causa do terrorismo global.

O Índice Global de Terrorismo, edição de 2014, registrou 18.000 mortes em 2013, com aumento de 60% em relação ao ano anterior.

O índice é calculado pelo Institute for Economics & Peace, que contabiliza dados de 162 países, cobrindo 99,6% da população mundial.

Do total dos atos de terrorismo, 66% foram cometidos por grupos islâmicos: Estado Islâmico (Isis) no Iraque e Síria, Boko Haram na Nigéria, Taliban no Afeganistão e Al Qaeda.

Nesses países, com o acréscimo do Paquistão, ocorreram mais de 80% das mortes por terrorismo em 2013. As maiores vítimas também foram pessoas que seguem o Islã.

Cerca de 90% dos ataques terroristas se registraram em países que têm graves violações de direitos humanos.

Iraque é o mais afetado. Em 2013, houve no país 2.492 ataques, matando 6.362 pessoas.

Desde os atentados às torres gêmeas de Nova Iorque, em 11/09, o número de mortes por terrorismo aumentou cinco vezes.

Com informação do relatório do Índice Global de Terrorismo.





'Matem ateus do jeito que der', determina Estado Islâmico
setembro de 2014


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...