Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Prefeito paga R$ 103,5 mil por curso de 'inteligência espiritual'

Edgar Bueno (PDT), de Cascavel, assinou
 contrato com Centro Diocesano de Teologia
O prefeito em segundo mandato Edgar Bueno (PDT), de Cascavel (PR), contratou por R$ 103.555,80 o padre Hélio José Bamberg, presidente do Centro Diocesano de Teologia da cidade, para ministrar o “Curso de Desenvolvimento Humano Através da Inteligência Espiritual”.

O curso se destina a 180 servidores, o que significa que a participação de cada um deles vai custar aos cofres públicos R$ 575. Do total de funcionários, 60 atuam em funções de liderança e 120 em escolas.

A cidade do oeste paranaense tem mais de 440 mil habitantes e fica a 481 km de Curitiba, Paraná.

Em janeiro de 2014, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) cassou por unanimidade Bueno e o seu vice, Maurício Theodoro (PSDB), sob a acusação de ter feito nas eleições de 2012 campanha caluniosa ao seu opositor Professor Lemos (PT), deputado estadual, de que não morava em Cascavel. Bueno continua mandando na cidade porque entrou com recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que ainda não julgou o mérito do caso.

O contrato para o “Curso de Inteligência Espiritual” é inconstitucional porque fere a laicidade do Estado brasileiro. Nenhuma instância de governo pode se envolver direta ou indiretamente com instituições de cunho religioso.

Vanilse da Silva Schenfert, diretora do departamento municipal de recursos humanos, contudo, disse que o curso não faz referência à religião. “[É um curso] que aborda principalmente questões de autodesenvolvimento pessoal, resolução de conflitos, ética, além de estimular o profissional em reflexões sobre sua atuação na sociedade.”

De acordo com o site CGN, Vanilse não conseguiu explicar de que forma o curso vai beneficiar os servidores em seu trabalho e a população.

A diretora reconheceu que a contratação do Centro Diocesano de Teologia ocorreu por “aquisição direta por inexigibilidade” (ou seja, sem licitação) por ser a única instituição que oferece cursos com “esse tipo de abordagem”.

Mas uma consulta no Google mostra que outras entidades (laicas, na maioria) dão o controverso curso de “Inteligência Espiritual”. Há inclusive curso on-line de graça.

Com informação do site CGN e foto de divulgação.





TCE do Rio julga ser ilegal repasse de recursos a religiosos
setembro de 2013


Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...