Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Padre lança ‘maldição eterna’ em ‘fiéis caluniadores’

padre Ivair Gentil Zancheta
Zancheta disse que "irmãos do joio
nunca mais terão felicidade" 
O padre Ivair Gentil Zancheta (foto), que até  recentemente era o responsável pela Paróquia Santo Antônio, de Presidente Prudente (SP), lançou na internet uma “maldição eterna” aos “irmãos” que, no entendimento dele, o caluniaram.

Com o título “Pecados de Sodoma e Gomorra é nada se comparada ao de vocês”, o padre escreveu em uma página do Facebook que a maldição recairá também “sobre seus familiares por muitas gerações”.

“Vocês nem imaginem o que significa terem erguido a mão contra um ungido do Senhor.”

Zancheta vinha sendo questionando havia tempo por fiéis descontentes com a administração dos recursos da igreja.

Em 2009, José Antonio da Silva Garcia, então tesoureiro da igreja Santo Antônio, protocolou no Ministério Público Estadual denuncia (acusação formal a Justiça) sobre desvio de dinheiro de dízimo, de vendas de pães e rifas. O processo foi arquivado, mas as criticas de fiéis ao padre continuaram.

A gota d’água que fez Zancheta amaldiçoar seus “inimigos” foram as criticas de fiéis e de jornalistas sobre a determinação judicial para a demolição da estrutura do novo prédio da igreja porque a construção estava irregular, avançando na calçada.

O padre disse que os “caluniadores” afirmaram que estrutura de ferro da construção iria para o entulho, o quem segundo ele, não é verdade, porque tudo será reaproveitado.

Em uma missa, Zancheta afirmou que, se fosse o caso de entulho, o material seria mandado para o “buraquinho” dos jornalistas.

No Facebook ele escreveu que os “irmãos que semearam joio nunca mais terão felicidade, paz, prosperidade, a doença será a vossa companheira de vossas famílias, serão olhados como escárnios da humanidade”.

Continuou: “ O casamento de vocês nunca mais terá paz, o adultério vos perseguirá, todos os tipos de dependência estarão vos perseguindo (química, álcool, sexualidade desregrada vossas casas, vossos filhos serão o vosso desespero...)".

A Diocese de Presidente Prudente transferiu o padre para Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul.

Construção de igreja estava irregular:
estrutura avança na calçada
Sem mencionar o nome do padre, o bispo dom Benedito Gonçalves divulgou nota admitindo que “agentes pastorais e até mesmo sacerdotes” às vezes invocam maldições sobre quem julgam que o perseguem.

”Tais maldições geram desordem e sofrimento nas comunidades, causando preocupação e medo em algumas ovelhas do rebanho, principalmente as simples e pequenas."

O bispo pediu aos fiéis que não “tenhais medo de tais maldições”, porque, “se estamos revestidos da Palavra Divina e enraizados em Cristo, somos mais que vencedores."

O padre não mais se manifestou, e o seu texto foi deletado do Face.

Com informação do Portal Prudentino.





Nos EUA, pastor se recusa a casar noiva de vestido sexy
setembro de 2013


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...