Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

EUA prendem pastor que ia queimar 2.998 cópias do Corão

 Jones disse que esse número de
exemplares corresponde às
vítimas do 11 de Setembro
A polícia norte-americana prendeu na quarta-feira o pastor Terry Jones (foto), 61, quando transportava 2.998 exemplares de Corão para serem queimados naquele dia, aniversário do atentado 11 de Setembro de 2001. Os exemplares correspondem ao número de vítimas que morreram na queda das torres gêmeas de Nova Iorque.

Jones foi detido na cidade de Mulberry, perto de Tampa, na Florida, sudeste dos EUA.

Ele foi acusado não pela intenção de queimar o livro sagrado dos muçulmanos, mas pela posse ilegal de combustível e de uma arma de fogo.

Ele tinha planejado queimar os exemplares do livro com  querosene em uma churrasqueia.

Em 2011, o pastor queimou um Corão e mostrou o vídeo na internet [ver abaixo], causando indignação em muçulmanos de todo o mundo. Em 2012, ele promoveu um filme que ridicularizava o profeta Maomé, que é retratado como louco e pedófilo.

Por causa desse filme, em novembro de 2012 Jones foi condenado à revelia à pena de morte por um tribunal do Cairo, juntamente com sete cristãos egípcios.


Corão em chamas em 2011

video


Com informação da agência Lusa e do site da congregação do pastor





Quem queimar o Alcorão deve ser morto, afirmam aiatolás 
setembro de 2010

Casos de fanatismo religioso

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...