Paulopes

Religião, ateísmo, ciência e astronomia

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Papa Bento 16 afirma ter sido demitido por Deus

Caricatura de Bento 16
 Papa emérito admitiu que saiu
a pedido do Todo-Poderoso
O papa emérito Bento 16 (na caricatura ao lado), de 86 anos, disse ter deixado em fevereiro suas atividades porque Deus pediu a sua demissão.

A falar de sua renúncia — a primeira de um papa em 600 anos —, o emérito negou que tenha visto uma aparição de Deus ou escutado sua voz.

Ele garantiu, contudo, que passou por “uma experiência mística” na qual Deus lhe inspirou a se demitir para dedicar sua vida à oração.

A informação é da agência de notícia católica Zenit, que não revelou a sua fonte de informação.

De acordo com que teria dito Bento 16, a “experiência mística” durou meses, período em que criou uma relação direta com o divino. Não há informação sobre como foi essa “experiência”.

Bento 16 pediu demissão no auge de uma das maiores crise da Igreja Católica, sob denúncias envolvendo padres pedófilos em vários países e corrupção na Cúria Romana e Banco do Vaticano, além de vazamento de informação.

Na época, Bento 16 afirmou que estava se afastando por não ter mais forças para exercer suas atividades. Ele estaria cego de um olho e ficando surdo.

Com informação do The Guardian.





Bento 16 associa união homossexual ao ateísmo
janeiro de 2013

Postar um comentário

Posts mais compartilhados na semana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...