Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Ateu checo obtém direito de usar 'chapéu' religioso em identidade

Novy aparece na foto com um coador de spaghetti na cabeça
Com a argumentação de que é um “pastafarian”, ou seja, um “fiel” da Igreja do Monstro de Espaguete Voador, o checo Lukas Novy (foto) obteve do governo o direito de usar na foto de sua identidade oficial um escorredor de spaghetti, que é, segundo ele, um adereço obrigatório de sua “religião”.

A pseuda igreja foi criada em 2005 pelo ateu americano Bobby Henderson em protesto ao ensino de criacionismo em escolas públicas de Dover.

Desde então, o “pastafarianismo” (junção de “pasta” com “rastafári”, movimento religioso jamaicano) migrou para vários países por intermédio da internet.

Em 2011, depois de reivindicar na Justiça ao longo de três o direito de isonomia, o austríaco Niko Alm obteve autorização para que em sua carteira de motorista fosse colocada uma foto onde aparecesse com o coador.

Alm pediu isonomia em relação aos bispos (que usam mitra), judeus (solidéu e quipá) e muçulmanos (turbante).

O governo da República Tcheca reconheceu que os “pastafarians” podem se vestir de acordo com suas crenças — “um direito tão legítimo como qualquer outra prática religiosa”.

Um porta-voz do governo explicou que o coador de spaghetti do “sacerdote” Lukas Novy “está em conformidade com as leis da República Checa, onde é permitido cobrir a cabeça por motivos religiosos e médicos”.





Com informação da Salon, entre outras fontes.

EUA proíbem 'pastarian' de usar coador de macarrão
fevereiro de 2013

Ateísmo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...