Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sexta-feira, 22 de março de 2013

Papa Francisco quer diálogo da Igreja com muçulmanos e ateus

papa Francisco
Francisco quer conversar, mas
não se sabe sobre o quê
O papa Francisco (foto) quer que a Igreja “intensifique” o diálogo com ateus e muçulmanos. Mas, ao falar hoje sobre esse tema, não mencionou sobre o que a sua religião estaria disposta a conversar com os representantes desses dois estratos da população que mais crescem no mundo.

"É importante intensificar o diálogo entre as várias religiões e penso particularmente no diálogo com o Islã", disse. "É também importante intensificar o alcance aos ateus."

A primeira referência do novo papa aos não crentes ocorreu no sábado (16), quando Francisco recebeu jornalistas em uma audiência. Na ocasião, disse: "Como muitos de vocês não pertencem à Igreja Católica, outros não são crentes, de coração dou esta bênção em silêncio, a cada um de vocês, respeitando a consciência de cada um, mas sabendo que cada um de vocês é filho de Deus".

Bento 16, o agora papa emérito, também tentou se aproximar dos muçulmanos e ateus, mas se revelou desastroso. Ele irritou os muçulmanos em uma pregação de 2006 ao citar um imperador bizantino segundo o qual alguns ensinamentos de Maomé eram “maus e desumanos”.

Em relação aos ateus, Bento 16 chegou a convidar alguns deles para participar de encontro inter-religiosos, mas, ultimamente, ele liquidou com as possibilidades (que já eram mínimas) de qualquer tipo de conversa, porque passou a fazer afirmações como a de que o casamento gay faz parte de “uma antropologia de fundo ateu” e “negar Deus e negar a dignidade humana”.





Com informação das agências.

Bento 16 alerta para o ‘fenômeno perigoso’ do 'ateísmo prático'
novembro de 2012



Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...