Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

sábado, 19 de janeiro de 2013

Bento 16 associa união homossexual ao ateísmo

Papa passou a falar em
"antropologia de fundo ateu"
O papa Bento 16 (na caricatura) voltou, neste sábado (19), a criticar a união entre pessoas do mesmo sexo, e, desta vez, associou-a ao ateísmo. Ele disse que a teoria do gênero é “uma antropologia de fundo ateu”.

Por essa teoria, a identidade sexual é uma construção da educação e meio ambiente, não sendo, portanto, determinada por diferenças genéticas.

A referência do papa ao ateísmo soa forçada, porque muitos descrentes costumam afirmar que eles apenas não acreditam em divindades, não se podendo a priori se inferir nada mais deles além disso.

Durante um encontro com católicos de diversos países, Bento 16 disse que os “cristãos devem dizer ‘não’ à teoria do gênero, e ‘sim’ à aliança entre homens e mulheres no casamento”.

Afirmou que a Igreja defende a “dignidade e beleza do casamento” e não aceita “certas filosofias, como a do gênero, uma vez que a reciprocidade entre homens e mulheres é uma expressão da beleza da natureza, querida pelo Criador".

A condenação à união gay se tornou uma constante nas pregações do papa, porque, segundo ele entende, esse relacionamento ameaça o futuro da humanidade.

Na pregação de hoje, houve espaço para a crítica ao “capitalismo selvagem e o seu culto ao lucro”, que criam “desigualdades e miséria”.




Com informação das agências.

Vaticano critica freira defensora da união gay e masturbação
junho de 2012

Ateísmo

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...