Adventistas vão intensificar divulgação do criacionismo

criacionismo
Consórcio vai investir em
pesquisa na área criacionista
A Igreja Adventista do Sétimo Dia anunciou o lançamento de um consórcio para intensificar a divulgação do criacionismo no Brasil e em outros países sul-americanos.

Na quinta-feira (13), em Brasília, entidades como Sociedade Criacionista Brasileira, Núcleo de Estudos das Origens e Museu de Geociências das Faculdades Adventistas da Bahia assinaram um protocolo para dar mais destaque à pesquisa criacionista e às publicações sobre o tema.

Os adventistas informaram que o consórcio vai produzir vídeos para adolescentes e jovens explicando a criação e como ocorreu o dilúvio e um plano piloto de capacitação de professores.

O professor Edgard Luz, da Rede de Educação Adventistas para oitos países sul-americanos, disse que o lançamento do consórcio é um “passo muito importante”, porque “o criacionismo está ligado à primeira mensagem angélica da Bíblia”.

Com informação do site da Igreja Adventista.

Colégio adventista de Cuiabá ensina dilúvio em aula de história
abril de 2012

Ciência versus religião.     Evolução e criacionismo.

Comentários

  1. Na minha época, ciencia deveria tentar ser imparcial e nao financiada por igrejas para comprovar suas teorias. Deve-se partir da pesquisa sem saber pra onde se vai, tendo coragem para ir para qualquer lugar, e nao saber para onde se quer ir e forcar pra chegar naquele lugar. Por mais que eu queira dar espaco pra qualquer um provar sua ideia nao se ve , entre renomados cientistas do ramo, um se quer que seja criacionista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que meu professor de física moderna fala "quando tem uma questão na prova que diz 'prove tal equação' e eu dou a equação. Não importa como, mas o aluno vai arranjar jeitos absurdos de provar aquilo"

      Excluir
    2. Até onde eu sei, criacionismo nem mesmo poderia ser considerado ciência. No máximo ele é uma hipótese (nem mesmo uma teoria - no sentido científico da palavra - é).

      Excluir
    3. prf, existem sim renomados cientistas que são criacionistas, dê uma olhada aqui:

      http://creationwiki.org/pt/Cientistas_criacionistas

      Não sei quanto à confiabilidade da parte referente a cientistas da categoria 'Históricos', mas na categoria 'Comtemporâneos' fica fácil saber se a informação procede, bastando apenas pesquisar os artigos publicados.
      a seguir um parágrafo do texto que pode ser encontrado em:

      http://www.portaladventista.org/educacao/index.php?option=com_content&task=view&id=28:


      "Atualmente, há vários cientistas criacionistas que fazem boa ciência e apresentam argumentação lógica e importante para ser transmitida. Destacam-se dois biólogos norte-americanos: Leonard Brand e Harold Coffin. Ambos têm artigos publicados nos mais prestigiados periódicos científicos, respectivamente, sobre baleias fossilizadas da Formação Pisco (Peru) e sobre as florestas petrificadas de Yellowstone (EUA). No Brasil, destaca-se o químico e professor da Unicamp, Dr. Marcos Eberlin, que dirige o Laboratório Thomson de espectrometria de massas, é membro da Academia Brasileira de Ciências e o terceiro cientista brasileiro mais citado em publicações científicas de renome."

      Excluir
    4. Posso nao concordar com o que falam mas defenderei ate a morte seu direito de falar. Ainda que asneiras.

      Excluir
    5. Gostei da citação de Voltaire ^^

      Excluir
    6. Mas quantos artigos em defesa do criacionismo foram publicadas em revistas cientificas séria, com todos os detalhes, possibilitando qualquer cientista conferir a veracidade do "intelligent design"? Não é porque determinado cientista, por mais famoso que seja, defende determinada ideia que ela se torna verdade, isso vale para qualquer teoria, para qualquer crença.

      Excluir
    7. Criacionismo não é ciência. Quem tem a ilusão de que essa "coisa" se trata de ciência, é porque é muito ignorante. Criacionismo é crença. Cientistas que creem que o universo foi feito por uma entidade sobrenatural devem demostrar ou dar evidências conclusivas de que essa entidade existe. Caso contrário, suas crendenciais não são suficientes para atestar a veracidade de suas afirmações.

      É importante lembrar que qualquer proposta no âmbito científico, seja proveniente de um cientista que se diz criacionista ou não, deve estar amparada por indícios empíricos. Caso contrário, não passa de opinião pessoal.

      Além disso, é possível ser versado em ciências e ainda assim falar merda. "Cientistas criacionistas" são o exemplo mais claro disso.

      Essa cruzada imbecilizante vai fazer muito mal à educação no país. Se já estava ruim, ficará pior ainda. Formaremos asnos.

      Excluir
    8. Todos os que creem no Advento de ou na 2ª Vinda São Adventistas e o criacionismo vem desde a Criação e está em todo mundo. O bem da verdade é estão reparando brechas feitas pelo secularismo.

      Excluir
    9. Como já disse em algum outro comentário, criacionismo não é ciencia, evolucionismo também não, mas ambos utilizam-se da mesma. É claro e evidente que poucos dos que comentaram sabem realmente do que se trata criacionismo. Essa idéia deturpada na mente de muitos é consequencia de como o assunto é tratado nas escolas e na mídia, bem como no próprio meio científico.

      Um exemplo claro é a forma com que o criacionismo é divulgado para a população em geral. Deixo um trecho do comentário de Michelson Borges à respeito do programa Globo Ciência, que se propôs a tratar do tema Criacionismo e Evolucionismo, mas polarizou a discussão como sendo Religião vs Ciência:

      (Os links estão no final do comentário)

      " Com todo o respeito aos entrevistados, todos eles embarcaram na “onda” de polarizar a discussão como sendo religião (criacionismo) versus ciência (darwinismo), quando se sabe (ou deveria saber) que ambos os modelos se valem do método científico, mas estão “contaminados” por uma visão filosófica. No caso do criacionismo, é o teísmo bíblico que assume a priori a existência de Deus e interpreta as evidências de design na natureza à luz dessa cosmovisão. No caso do darwinismo, é o naturalismo filosófico, que assume, também à priori, a não existência do sobrenatural e interpreta as evidências de design na natureza como resultado de causas naturais não dirigidas. É verdade que há um esforço conciliatório por parte de alguns darwinistas no sentido de tentar convencer o exército de crentes liberais (como os católicos) de que o darwinismo seria compatível com a religião (tratei desse tema neste texto). E isso é notado nas entrevistas desse programa da Globo, já que todos os pesquisadores admitiram ter algum tipo de “espiritualidade”. Assim, parece que foram escolhidos a dedo."

      "Mas o pior de tudo nessa reportagem é o que não foi mostrado. A equipe do Globo Ciência entrevistou o geólogo criacionista Dr. Nahor Neves de Souza Júnior, diretor da filial brasileira do Geoscience Research Institute e professor do Unasp, campus Engenheiro Coelho. Nahor falou sobre o criacionismo bíblico a apresentou evidências científicas que dão sustentação a esse modelo. Mas, na hora de editar o programa, os responsáveis simplesmente optaram por descartar a entrevista com um verdadeiro criacionista para colocar no lugar dela a fala de um clérigo católico que apenas apresenta argumentos diluídos advindos de uma visão darwinista teísta que mal compreende do que se trata o verdadeiro criacionismo bíblico. Ou seja: num programa que pretende tratar de criacionismo, o único defensor do criacionismo entre tantos darwinistas é um bispo que, na verdade, não é criacionista!"

      Comentário de Michelson Borges>> http://www.criacionismo.com.br/2012/04/globo-ciencia-fala-de-criacionismo.html

      Vídeo >> globotv.globo.com/rede-globo/globo-ciencia/v/darwinismo-x-criacionismo-integra/1753083/

      Excluir
    10. Resposta à >> Anônimo15 de dezembro de 2012 00:53
      Bom em revistas científicas sérias eu posso lhe citar, mas creio que quando você me diz revistas sérias está se referindo àquelas que são de grande repercussão e/ou tradição. Penso eu que em revistas como a Nature dificilmente encontrará algum, e isso é facilmente explicado. Já expliquei isso em alguns dos meus comentários aqui, me referindo à midia (Ex. Globo Ciencia) e à algumas sociedades, como a Sociedade Brasileira de Genética (SBG).

      Você queria algum artigo publicado em revista séria. Considero séria, o que você evidentemente poderá discordar, a Sociedade Criacionista Brasileira assim como você pode considerar a SGB. Mas leia os artigos desse link, e tire suas próprias conclusões se são sérios ou não. Leia a partir da página 78 do seguinte link:

      link >> http://www.scb.org.br/eventos/4encontro/Anais%20IV%20Encontro.pdf

      O título do artigo é "Alguns Métodos da Física em Datação" de Urias Echterhoff Takatohi, para saber mais sobre ele e algumas de suas publicações o link é:
      http://creationwiki.org/pt/Urias_Echterhoff_Takatohi

      Num artigo publicado em espanhol, intitulado “La falibilidad de la ciencia” (http://www.losandes.com.ar/notas/2010/6/20/opinion-497450.asp), Umberto Eco cita alguns componentes que podem tornar a ciência um fenômeno dogmático. Por exemplo:

      1. Quando transforma hipóteses em “verdades” inquestionáveis ou absolutas.

      2. Quando deixa de questionar o paradigma aceito por uma determinada cultura ou sociedade.

      "Isso me fez lembrar de determinada vertente darwinista que dogmaticamente proclama suas premissas não testáveis como um fenômeno capaz de passar pelo crivo do mais exigente método científico." Michelson Borges

      Excluir
    11. Ernandes, você não passa de um idiota. Volta pra escola, sua mula.

      Excluir
    12. Ernandes só falou besteira.
      Tanto a Teoria da evolução, quanto a relatividade geral ou qualquer outra teoria atual e bem sucedida, ignora o sobrenatural, pois este nunca foi manifestado de modo que possa ser observado e replicado em qualquer canto do globo terrestre.
      Você pode achar alguns trabalhos refutando determinado método de datação, ou refutando determinada ancestralidade, mas você não vai achar nada que valide o criacionismo e ate que ele seja solido o bastante para convencer a maior parcela de doutores este não deve ser ensinado para crianças.

      Excluir
    13. Quando foi que probonentes da TSE transformou hipótese em verdades absolutas, Sr Ernandes?

      Quando foi que deixaram de questionar o paradigma aceito por uma determinada cultura ou sociedade?

      E quais premissas do "darwinismo" não são testáveis?

      Excluir
    14. A acusação do Michelson de que a TSE também seria contaminada por uma uma visão filosófica não se sustenta.

      Excluir
    15. Ernandes, sera que vc pode me passar alguma forma de contato como email ou facebook, eu gostaria de le falar em particular

      Excluir
    16. Anônimo18 de dezembro de 2012 09:18

      Ta aí cara >> akira.arika@hotmail.com <<
      Desde o fds que não visito o blog, por isso a demora.

      Excluir
    17. Achar que criacionismo explica alguma coisa é muita ignorancia, a ciencia e o conhecimento humano é muito maior que qualquer criacionismo ou crença medieval que se possa colocar a frente, não entendo como possa existir ou se autointitular geologo criancionista, qual faculdade séria que deu diploma para um avuado desses, só falta geologo cientologista, geologo muçulmanista ou geologo do espaguete voador, isso não é estudo e sim devaneios cerebrais transcritos e passados para outros avuados... que coisa mais bizarra tratar a religião e seus acessorios como algo sério ou que tenha algum tipo de evidencia, que bizarro...

      Excluir
  2. A Ciência está sob ataque. =/

    ResponderExcluir
  3. pqp coisa ridicula, vão ensinar o errado para as crianças só para ganhar dinheiro em cima no futuro... VAO TOMAR NO CU CRENTALHADA FILHA DA PUTA!!!

    ResponderExcluir
  4. Só quero saber que tipos de argumento vão usar para vender esse peixe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fiquei curioso pra ver o video, talvez eu dê boas risadas!!

      Excluir
  5. “A teoria do design inteligente”, vive apenas e tão somente de difamação e divulgação de falsas informações sobre a teoria da evolução.A Teoria Evolutiva tem evidências, nas quais elas não concordam com o criacionismo.Agora a evolução tem muitas evidências,com as genéticas por exemplo,fazer testes para definir o quanto dois seres são próximos geneticamente entre outros. Já o criacionismo não pode ser colocada á prova e então já não considerada teoria e nem hipótese porque é unicamente sustentado pela fé!Quando eu era criança mesmo as minhas professoras que davam aulas de ciências insistiam que o criacionismo era a verdade,mas só depois de me tornar um adulto eu conheci a verdade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danilo, concordo em parte com seu comentário ao que tange "divulgação de falsas informações sobre a teoria da evolução.", realmente isso ocorre, assim como ocorre divulgação de falsas informações sobre o criacionismo. Portanto indico que ao ler algo relacionado a algum dos temas procure saber diretamente das fontes e ter sempre um olhar crítico. Sejá crítico à toda e qualquer idéia.
      Criacionismo necessita de fé sim, e evolucionismo também. A fé é racional, senão não é fé, seria fideísmo. Procure saber a diferença das duas palavras. A seguir um vídeo onde ambas são usadas mais precisamente no minuto 34:40.

      http://www.youtube.com/watch?v=TtkmHXmBeMU

      Deixo ao final do comentario o link de um manifesto da Sociedade Brasileira de Genética e a seguir o link em que um criacionista o comenta, as frases adiante foram retiradas do segundo link:

      Philip Skell (falecido), cientista, membro da National Academy of Sciences escreveu na revista The Scientist em 2005:

      “A evolução darwinista – quaisquer que sejam suas outras virtudes – não fornece uma heurística frutífera em biologia experimental. Isso se torna especialmente claro quando nós a comparamos com o referencial heurístico como do modelo atômico, que abre a química estrutural e conduz a avanços na síntese de um grande número de novas moléculas de benefício prático. Nada disso demonstra que o darwinismo seja falso. Isso significa, contudo, que a afirmação de ser a pedra fundamental da biologia experimental moderna vai se deparar com o ceticismo quieto de um número crescente de cientistas em áreas científicas onde as teorias verdadeiramente servem como pedras fundamentais para avanços científicos tangíveis."

      Dr. Marc Kirschner, catedrático do Departamento de Sistemas de Biologia na Escola de Medicina de Harvard:

      “… ao longo dos últimos 100 anos, quase toda a biologia tem procedido independente da evolução, exceto a própria biologia evolucionária. A biologia molecular, a bioquímica, a fisiologia, nem levaram em conta a evolução.”

      http://www.sbg.org.br/ManisfestoCriacionismo.html
      http://www.comoviveremos.com/2012/07/manifesto-da-sociedade-brasileira-de-genetica-uma-estudantada-sobre-ciencia-criacionismo-e-design-inteligente/

      Excluir
    2. Criacionismo necessita de fé sim, e evolucionismo também.

      Está dizendo besteira, Ernandes. Deveria tentar entender melhor sobre como a ciência funciona; com certeza, não diria que fé é um componente científico. Você pode começar por aqui: http://www.projetoockham.org/ferramentas_metodo_1.html. Vai te ajudar bastante e clarear sua cabeça.

      Criacionismo não é ciência; é religião. Religião não é ciência e nunca deu uma contribuição útil para o entendimento do universo. Nenhuma resposta religiosa tem algo de realmente importante a dizer sobre o funcionamento do universo. O pensamento religioso é uma fonte estéril de conhecimento empírico sobre o cosmos, a menos que você ache que pastores de cabras de 3500 anos atras sabiam mais sobre biologia, química e física do que sabemos hoje.

      Excluir
    3. a fé é racional? Essa foi boa.

      Excluir
    4. Spike, não usei a palavra fé para denegrir o evolucionismo, e também não disse besteira.
      E NÃO DISTORÇA AS MINHAS PALAVRAS! Não disse que para se fazer ciência é preciso ter fé. O evolucionismo assim como certas leis físicas partem de um pressuposto em que estão firmadas, logo são racionais. Essa idéia inicial não é provada através do método científico, mas o método pode inferir se é plausível ou não que tal fato seja verdade. Um exemplo é a Teoria da Relatividade de Einstein,
      que pelo seu segundo postulado afirma:
      A luz tem velocidade invariante igual a c em relação a qualquer sistema de coordenadas inercial. Claro que pelo método científico, acreditar que a luz tem essa característica é coerente. Mas isso significa que a Teoria de Einstein não pode ser questionada? Claro que pode, assim commo o evolucionismo, criacionis e outras coisas mais. Me lembro até de uma propaganda da tv futura: 'O mundo é movido pelas perguntas.' ou algo assim.

      Você disse: "Religião não é ciência e nunca deu uma contribuição útil para o entendimento do universo."

      Realmente RELIGIÃO NÃO É CIENCIA, mas isso não significa que ela não possa se utillizar da ciência e muito menos da razão.

      Para finalizar deixo o link da entrevista da Veja a William Lane Craig e uma das perguntas que foram feitas a ele:

      "É possível explicar a existência de Deus apenas com a razão? Qual o papel da ciência na explicação das causas do Universo?

      A razão é muito mais ampla do que a ciência. A ciência é uma exploração do mundo físico e natural. A razão, por outro lado, inclui elementos como a lógica, a matemática, a metafísica, a ética, a psicologia e assim por diante. Parte da cegueira de cientistas naturalistas, como Richard Dawkins, é que eles são culpados de algo chamado “cientismo”. Como se a ciência fosse a única fonte da verdade. Não acho que podemos explicar Deus em Sua plenitude, mas a razão é suficiente para justificar a conclusão de que um Criador transcendente do Universo existe e é a fonte absoluta de bondade moral.

      http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/e-possivel-acreditar-em-deus-usando-a-razao-afirma-william-lane-craig

      Excluir
    5. Danilo M. disse: “A teoria do design inteligente”, vive apenas e tão somente de difamação e divulgação de falsas informações sobre a teoria da evolução.

      Me contrapondo à esse comentário posso citar a capa da Super Interessante desse mês à respeito da veracidade histórica do Jesus Bíblico, em que o título é: “Jesus, a verdade por trás do mito”. Para o bom estudioso da Bíblia e também dessa questão, é notória a falta de imparcialidade da revista. O que é visto também em outros seguimentos midiáticos quando o assunto é Bíblia, Jesus e Criacionismo, onde as inverdades se propagam de maneira desenfreada.

      Comentário de Michelson Borges:

      "O viés da matéria da Superdona da verdade fica ainda mais claro no fim do texto, no “Para saber mais”. São indicados apenas dois livros, de autores que defendem a mesma linha de pensamento: André Chevitarese e o ex-cristão Bart Ehrman. Existem vários acadêmicos de respeito que poderiam ser citados como contraponto. O teólogo e filósofo Gary Habermas, da Liberty University, nos EUA (leia entrevista exclusiva com ele na revista Conexão 2.0 de janeiro), e Craig Evans, da Acadia Divinity College, no Canadá. Ambos possuem vários livros publicados sobre Jesus e o surgimento do cristianismo, mas são sempre ignorados em matérias como essa da Super.

      Se não consegue sequer fazer bom jornalismo “ouvindo os dois lados”, como Superinteressante vai nos fazer crer que é capaz de falar de Jesus com isenção? Bem, o importante é vender revistas e Jesus é um bom “vendedor”. Isso é fato e a Super sabe muito bem."

      Link do Comentario Completo >> http://www.criacionismo.com.br/2012/12/a-superdona-da-verdade.html
      Link da matéria da Super >> http://www.arthuzzi.com/new/editorial/superinteressante-jesus-a-verdade-por-tras-do-mito/

      Excluir
    6. Primeiramente essa de cientistas e mais cientistas criacionistas não é de hoje que querem se sobrepor ao que é mais lógico, e muitas vezes fazem por certos interesses, um exemplo claro é o Japão. Até tempos recentes (digo recentes pois ainda persiste esta história como parte da historiografia oficial do país) acreditava-se com afinco que a origem do imperador era a partir do filho da deusa Amateratsu que teria sido o primeiro imperador e que a terra do Japão era habitada por povos de origem divina e existiam historiadores, antropólogos e arqueólogos que faziam de tudo para defender esta origem divina do imperador.
      Quanto ao Craig este eu nem discutiria sobre ele pois vejo aí alguns erros como o apelo a piedade e o Ad ignorantium que seria o Apelo a Ignorância, ou seja, se algo é grande demais e não pode ser medido então pertence ao contexto do sagrado ou ao mundo das divindades, aquilo que eu chamaria de Deus das lacunas.
      E pra concluir exclamo: Criacionismo não é ciência, é somente uma interpretação da teologia! Uma forma de justificar a existência dos argumentos de um livro sagrado! Isso não é novidade e não existe só no cristianismo! Vi certa vez uma notícia que fala sobre as descobertas arqueológicas feitas próximas e Elora, Índia, sobre a descoberta do túmulo de Jaruna, demônio vencido e morto pelo deus Rama, segundo o Ramayana. O que eu vi foi somente um simples caixote de pedra exposto em uma floresta. Portanto prefiro o meu ceticismo que pode ser contestado e tem a humildade de saber que pode errar do que uma verdade dutrinária que jamais admite erro e quer adaptar a realidade encima da mesma, ou seja, seria uma verdade pronta tal como uma pizza congelada.

      Excluir
    7. Carlos Andino,
      A sua comparação entre essa questão do Japão não caberia muito aqui. Criacionistas não querem se sobrepor ao que é mais lógico, mas utilizan-se de evidências, bem como do método científico e da LÓGICA para defender suas idéias. Craig é um exemplo disso, o subtítulo da reportagem que coloquei acima enuncia isto:

      "O filósofo e teólogo defende o cristianismo, a ressurreição de Jesus e a veracidade da Bíblia a partir de construção lógica e racional, e se destaca em debates com pensadores ateus"

      Você pode discordar das idéias dele, mas afirmar que seus argumentos são falaciosos ou ilógicos é outra história. Veja os debates travados entre ele e alguns personagens como Peter Atkins, Sam Harris, Richard Dawkins e Christopher Hitchens.

      Colocarei os links abaixo de alguns desse debates e da matéria da Veja.
      Reportagem Veja:
      http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/e-possivel-acreditar-em-deus-usando-a-razao-afirma-william-lane-craig

      Debate Akins (São nove partes, aqui estão apenas as tres primeiras):
      http://www.youtube.com/watch?v=JaE_Q8L9mQc
      http://www.youtube.com/watch?v=_KFjEzulTVY
      http://www.youtube.com/watch?v=cIqjvSDM2y4

      Debate com Dawkins:
      http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=2Bla3t8jEP4
      http://www.youtube.com/watch?v=H-GFpQZkke8
      http://www.youtube.com/watch?v=bErQvvVuDuQ

      Excluir
    8. Você disse que prefere o seu ceticismo que pode ser contestado do que uma verdade dutrinária que jamais admite erro. Pois bem, quem te disse que a Bíblia não pode ser contestada? Utilizando sinônimos da palavra contestação, podemos dizer que ela também pode sim ser discutida e questionada. A Bíblia, por exemplo, a tempos é questionada quanto à sua veracidade, se não me engano quando Craig estava fazendo seu doutorado (doutor em filosofia pela Universidade de Birmingham, na Inglaterra, e em teologia pela Universidade de Munique, na Alemanha) ele passou um tempo na Alemanha, onde pesquisava à respeito do relato da vida de Jesus ou algum tema relacionado. Segundo ele os que mais se interessam nesse tipo de pesquisa são céticos em relação à existencia do Jesus bíblico e da veracidade dos evangelhos. No entando, quase sempre, chegam à mesma conclusão de Sir William Ramsey, célebre historiador e arqueólogo do século 19, esforçou-se por demonstrar que a história de Lucas estava cheia de erros. Entretanto, após toda uma vida de trabalho e estudos, ele escreveu: “A história de Lucas é insuperável quanto a sua fidedignidade” (The Bearing of Recent Discoveries on the Trustworthiness of the New Testament [Grand Rapids: Baker], p. 81)

      Excluir
    9. Mais um tiete do Lane Craig, o debatedor profissional mais escorregadio que eu já vi.

      Excluir
    10. Eu já vi estes debates e só posso dizer uma coisa: são patéticos! O Lane Craig escorregando em falácias e mais falácias como do Apelo a Piedade e o Apelo a Ignorância, os ateístas descritos aí acredito que não deveriam estar em seus bons dias pois achei fraco o argumento deles, até achando que ou estão posando de idiota para que o Craig ache que está correto ou deviam estar muito cansados e queriam se livrar logo daquilo, pq achei que os mesmos estavam muito aquém do que se esperava.
      Quanto ao alardeamento e "dádivas de incenso" por sob Craig quanto a ele ser doutor em filosofia e teologia eu digo que estas áreas abarcam tudo, não desmerecendo pois a contribuição da filosofia e a teologia para a compreensão das dúvidas da existência humana, mas elas, por serem isentas de tabus, podem estyudar qualquer coisa e dar sentido a elas, portanto CXraig não fez nada demais!
      Agora quanto a Sir William Ramsey e a "veracidade" do livro de Lucas ele concluiu com esta frase no séc. XIX e veja que a arqueologia e a medição em decaimento radioativo evoluiu e muito desde então, da mesma forma que apareceram diversas outras provas como os Arquivos de Oxyrhinkus ou Nag Hammadi (as pilhas de papiros e pergaminhos que brotavam da terra ou os vasos guardando pergaminhos) ou mesmo os famosos Pergaminhos do Mar Morto que mostram que a frase já foi superada e muito tempo.

      Excluir
    11. "Pois bem, quem te disse que a Bíblia não pode ser contestada?"
      Não é o que ando vendo em muitos lugares, parece que o livro não pode ser questionado por ser "a verdade absoluta e una isenta de erros" tal como vc explicita em entrelinhas quando cita Ramsey. Pra mim é só um livro tido como sagrado por uma istituição mas nada mais é que a compilação de textos jurídicos, históricos nacionais, folclóricos semitas e proféticos reunidos como livro sagrado.
      E quando vc falou que o contexto do Japão e da historiografia oficial japonesa de louvores ao imperador... porque não se encaixaria em um criacionismo? O que faz o criacionismo cristão melhor que o criacionismo das outras religiões? Pra mim isso é Declive Escorregadio. Pelo que conhecemos o criacionismo seria como dar uma base científica a uma filosofia metafísica de cunho religioso institucionalizado, portanto tanto os arqueólogos e historiadores oficiais do Japão ou da Índia(túmulo de Jaruna) são criacionistas da mesma maneira que os criacionistas cristãos de toda ordem.
      Ah e bajular pessoas e posar de advogado das mesmas é uma atitude plenamente ridícula! O Craig não é nenhum deus e está isento de erros como qualquer ser humano!

      Excluir
    12. Errata:
      "O Craig não é nenhum deus e está isento de erros como qualquer ser humano"
      Lê-se: O Craig não é nenhum deus e não está isento de erros como qualquer ser humano.

      Excluir
    13. Ernandes ta de sacanagem so pode ,KKKK
      Conte me mais sobre a "racionalidade" da fé

      Excluir
    14. Ernandes, já vi esses e vários outros debates do sr. Craig e não vi nenhuma racionalidade em seu discurso. São debates carregados de argumentos altamente falaciosos que só são digeridos por quem tem muita fé (que, ao contrário do que você tentou nos convencer, não tem nada de racional).

      Excluir
    15. Ernandes, como cientista biomolecular (Bacharelado em Ciencias Fisicas e Biomoleculares), devo avisar que vc falou uma asneira imensa em "“… ao longo dos últimos 100 anos, quase toda a biologia tem procedido independente da evolução, exceto a própria biologia evolucionária. A biologia molecular, a bioquímica, a fisiologia, nem levaram em conta a evolução.”
      Ou vc ou o renomado cientista em questao. O metodo de substituicao molecular eh utilizado largamente na resolucao de estrutura de proteinas por difracao de raio X. Este metodo se utiliza da similaridade na sequencia de proteinas que tenham relacao evolutiva. Como poderia a biologia molecular nao se utilizar da evolucao? Soh pra ficar em um exemplo...
      Isto eh tao basico que um aluno de 5o periodo poderia lhe responder com facilidade.

      Excluir
  6. “A teoria do design inteligente”, vive apenas e tão somente de difamação e divulgação de falsas informações sobre a teoria da evolução.A Teoria Evolutiva tem evidências, nas quais elas não concordam com o criacionismo.Agora a evolução tem muitas evidências,com as genéticas por exemplo,fazer testes para definir o quanto dois seres são próximos geneticamente entre outros. Já o criacionismo não pode ser colocada á prova e então já não considerada teoria e nem hipótese porque é unicamente sustentado pela fé!Quando eu era criança mesmo as minhas professoras que davam aulas de ciências insistiam que o criacionismo era a verdade,mas só depois de me tornar um adulto eu conheci a verdade!!!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há um erro de avaliação aqui: Teoria Científica não é mera hipótese, achismo. Diferente do que se usa no dia-a-dia, Teoria Científica é, à grosso modo, a melhor explicação pra algo, comprovada pelas predições de hipóteses.

      Portanto, uma Teoria Científica não é "apenas uma teoria".

      Abraços.

      Excluir
    2. Além disso uma teoria deve ser falseável, ou seja, ela deve possuir pontos de refutação, e enquanto esses pontos não forem refutados ela permanecerá válida.

      Excluir
  8. Pleno século XXI e ainda temos tantos imbecis no mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não tivéssemos tantos imbecis, as religiões já tinham virado historia.

      Excluir
    2. Tantas pessoas que pensam assim, orgulhosas suficientemente para criticar outros pontos de vista, arguindo que só a sua forma de pensamento é a correta, sem ao menos compreender de fato a crença do outro. É triste que parte dos neo-ateus sejam preconceituosos e tenham atitudes semelhantes às da Igreja Católica em tempos remotos. A dita idade das trevas ilustra bem isso, portanto devemos sempre estar abertos a novas idéias, extraindo delas o que julgarmos procedente.

      Tenho vários amigos ateus e também agnósticos, pessoas sensatas que não difamam e nem usam de palavras pejorativas. No entanto atitudes como essas fazem com que a imagem de determinado grupo seja visto de forma negativa. Isso ocorre com cristãos, políticos, etc. e também com os neo-ateísmo.

      Ellen G. White: “é a obra da verdadeira educação desenvolver essa faculdade, preparar os jovens para que sejam pensantes e não meros refletores do pensamento de outrem”

      Excluir
    3. A própria origem do termo "ateu" é no sentido pejorativo. Hoje em dia, com a adoção positiva do termo por parte dos descrentes, novamente os religiosos apelam para uma nova tentativa de denegrir os ateus com pensamentos e atitudes contundentes, chamando-os de "neo-ateus".

      Definitivamente, nenhum religioso merece respeito.
      Respeitar pessoas na qualidade de humanos, ok, mas respeitar pessoas na qualidade de religiosa, não mesmo!

      Religiosos não merecem respeito por que além de não saberem respeitar, ainda são 100% desrespeitadores!

      Quando uma pessoa religiosa está sendo tolerante e respeitosa, tenha a certeza de que tal respeito vêm da pessoa enquanto HUMANA, e não enquanto religiosa! Aliás, religioso respeitando alguém, não é "religioso de verdade". (não, não estou sendo irônico)

      Excluir
    4. "Ellen G. White"

      Tinha que ser adventista.

      Excluir
    5. Espera aí, você está dizendo que uma pessoa religiosa pode ser tolerante e respeitadora, mas que religiosos não merecem respeito por que além de não saberem respeitar, ainda são 100% desrespeitadores... que coisa é essa? contradição ou não? Da mesma forma que respeito pode ser atribuído à natureza humana, desrespeito também meu caro.
      Ter uma crença, ou não tê-la, não implica necessariamente como será o comportamento de alguem, se ela será 'boa' ou 'má' digamos assim.
      Religiões e religiosos cometem erros, o passado é uma prova disso e o presente também. Ateus, homossexuais, e etc. foram e são perseguidos por várias denominações e crentes. Lhe digo uma coisa, cristãos são o pior inimigo do crstianismo, em sua maioria seguem lideres terrenos, não estudam a bíblia, são preconceituosos sim, e existem ainda aqueles fanáticos e extremistas. Muitos não sabem sequer defender o que professam.
      Contudo generalizar tudo isso é um erro, e ter as mesmas atitudes desse tipo cristão contra pessoas de opinião diferente também.
      Muitos de vocês ateus, não todos, têm tido atitudes parecidas com a de certos religiosos. Devemos nos respeitar mutualmente, pois como você disse somos HUMANOS, compartilhamos o mesmo espaço. Devemos nos engajar para tornar a Terra um lugar melhor, guerrinhas, brigas, peconceitos não levam ninguem a lugar algum.


      Excluir
    6. Não ter uma crença não implica necessariamente como será o comportamento dela, mas ter uma crença religiosa, sim, implica necessariamente como será o comportamento dela, tendo em vista que ela está obrigada a se comportar conforme a doutrina de sua religião lhe impõe.

      Logo, uma pessoa no exercício de sua religião (ou seja, uma pessoa enquanto religiosa) não será respeitadora e, portanto, nestas condições não merece respeito.

      Não há nenhuma contradição nisso, apenas honestidade intelectual.

      Excluir
    7. "cristãos são o pior inimigo do crstianismo, em sua maioria seguem lideres terrenos, não estudam a bíblia"

      Ah sim, a Bíblia não foi criada por líderes terrenos... e nela não há pregação (obrigação) de injustiças, preconceitos e atrocidades em geral. Ok, ok, o 'escocês de verdade' te mandou lembranças!
      _________________________

      Desonestidade é fogo, e nunca vi religioso (crédulo/crente) que não fosse desonesto quando precisa defender sua religião/fé/crença. Não foi desta fez que apareceu um pra agir diferente...

      Excluir
    8. Não meu amigo, a pessoa não é OBRIGADA a se comportar conforme sua religião. Embora em muitos casos ela seja obrigada por alguém a se comportar de tal forma, como os pais muitas vezes fazem com os filhos, os pastores e padres e com seus fiés. Um exemplo é o pagamento do dizimo e doação de ofertas, uma vez que cabe a cada um decidir se deve ou não faze-lo, baseando-se exclusivamente nas Sagradas Escrituras. Porém o que vemos na prática é que muitos lideres religiosos deturpam a biblia e aproveitam-se da fé dos outros.
      Quantas pessoas se dizem cristãs mas não agem segundo o cristianismo. Leia a respeito de quem foi o Jesus bíblico e quais são seus ensinamentos, e verá que respeito é um deles. Se você realmente entendesse o que é cristianismo, saberia disso.

      Excluir
    9. Primeiramente gostaria de dizer que quando escrevi 'lideres terrenos', estava me referindo aos atuais lideres das diversas denominaçoes cristãs. Onde muitos deles usam de seu status para manipular os fieis e se autobeneficiar. Exemplo classico é o cenario da reforma protestante, onde os crentes eram privados de ler a biblia, e tinham que confiar no que os padres diziam. O exemplo a ser seguido pelo cristão é Jesus, e Sua vontade é expressa na Biblia.

      A base de minha fé, o cristianismo, é acreditar que os homens que escreveram a bíblia foram inspirados pelo Espírito Santo. Acredito na validade da Bíblia porque Cristo também acreditava. Ele considerava as escrituras hebraicas como a Palavra de Deus. Seus ensinamentos são extensões do que é ensinado no Velho Testamento. Os ensinamentos de Jesus são direcionados à era da Igreja, que o sucederia. A questão, então, se torna a seguinte: temos boas razões para acreditar em Jesus? Ele é quem ele diz ser, a revelação de Deus? Acredito que sim. A ressurreição dos mortos, por exemplo, mostra que Ele era quem afirmava.

      Excluir
    10. Olha, quanto à sua questão "e nela não há pregação (obrigação) de injustiças, preconceitos e atrocidades em geral" deixo alguns links em que Leandro Quadros argumenta e trata sobre tais questões.

      Essa sua linha de raciocinio que é desonesta meu caro amigo. Procure sempre interpretar um texto à partir do contexto, cenário histórico, refletindo sobre o objetivo do autor ao escreve-lo. Busque também lê-lo em sua linguagem original, pois a lingua é um limitador da compreensão, para a palavra amor por exemplo existem 3 palavras no grego antigo e 5 no moderno, vale lembrar que o Novo Testamento foi escrito em grego. Essas são só algumas dicas, valem não só para o estudo da Biblia mas para qualquer outro texto.

      http://novotempo.com/namiradaverdade/2010/11/04/deus-mandou-matar-pessoas-inocentes-2-samuel-21/

      http://novotempo.com/namiradaverdade/2012/03/26/deus-nao-predestinou-as-criancas-para-serem-sacrificadas-aos-idolos-pagaos/

      http://novotempo.com/namiradaverdade/2011/02/21/deus-faz-as-pessoas-pecarem-exodo-73/

      http://novotempo.com/namiradaverdade/2009/06/30/deus-criou-o-mal-isaias-457/

      Excluir
    11. Mais um cristão self-service julgando que tipo de cristão é ou não é de verdade (seguidor das fábulas cristãs).

      Não tem nem sentido entrar no mérito das fábulas, afinal, a questão aqui é sobre o estado secular e laico, afinal, escolas - particulares ou públicas - só funcionam se tiverem autorização do MEC, que é um órgão do estado laico.

      Esse blá, blá, blá defendendo seu ponto de vista sobre ASSUNTOS INTERNOS DA RELIGIÃO, isso já é problema particular seu e não interessa à pauta da discussão. Simples assim!

      Excluir
  9. Ah meu "deus". Evolucionismo pode ser só uma teoria, mas é bem mais próximo da verdade (com tantas evidências existentes, como os fósseis e as semelhanças entre espécies), sem falar que o criacionismo é claramente uma mentira e baseia-se na presunção de que só existe um único deus, sendo que existem um monte de pessoas que acreditam que existem vários deuses, ou que não exista nenhum.

    Eu fico com o evolucionismo. Quando é que esses criacionistas vão aprender? E ainda querem ensinar isso como se fosse científico, que cacete, agora entendo porque criaram a famosa "Igreja do Monstro de Espaguete Voador".

    (Paulo Lopes, eu tentei postar outro comentário e deu erro aqui, se tiver saído, ignore o outro e poste esse, por favor)

    ResponderExcluir
  10. Bom, se a paleontologia, geologia, entre outros, já provaram que não existe um momento de criação, o que leva essas pessoas a querer reforçar esse conto de fadas? Levando a crianças a acreditarem nisso e deixando de usar a razão, isso é um crime contra o conhecimento. Mas como é aceito pela maioria deixa de ser crime, e passa a ser um ato moral, pois a moral não é humanista, o provida pela empatia, como dizem os religiosos, a moral vem da bíblia, pois lá tudo é bom e correto.... Ai fica claro como a maioria é fraca na interpretação de textos...

    ResponderExcluir
  11. Bom, se a paleontologia, geologia, entre outros, já provaram que não existe um momento de criação, o que leva essas pessoas a querer reforçar esse conto de fadas? Levando a crianças a acreditarem nisso e deixando de usar a razão, isso é um crime contra o conhecimento. Mas como é aceito pela maioria deixa de ser crime, e passa a ser um ato moral, pois a moral não é humanista, o provida pela empatia, como dizem os religiosos, a moral vem da bíblia, pois lá tudo é bom e correto.... Ai fica claro como a maioria é fraca na interpretação de textos...

    ResponderExcluir
  12. KKKK. Otimo é ler " pesquisa criacionista "... qualé, pesquisa de que ? Da biblia ? Isso conta como ciência em que mundo ?
    Diluvio é refutado por qualquer geologo, e o criacionismo nem sentido faz, estudar o criacionismo é o mesmo que estudar como Odin fez o ser humano a partir das vacas....
    Sinceramente que povo alienado, acha que ter um ancestral com um primata é impossivel, o possivel mesmo é vir do barro... PQP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, sou um mero estudante de Engenharia Elétrica, mas sou também um curioso à respeito do criacionismo bem como do evolucionismo. Procuro sustentar minha opinião tomando vários pontos de vista. Busco não apenas aqueles que se adequem à forma que penso, rejeitando previamente posições contrárias, visando assim estudar opiniões diferentes da minha. Não sabemos até que ponto podemos estar corretos, por isso devemos sempre estar abertos a ouvir, questionando sempre. Pesquisa criacionista existe sim, basta procurar, está a distância d eum clique.
      Deixo alguns artigos publicados por criacionistas, dentre eles estão temas como geologia, paleontologia e métodos de datação. Não quero 'converter' ninguem, só acho saudável pesquisar em diversas fontes para assim de formar uma opinião.
      http://www.scb.org.br/eventos/4encontro/Anais%20IV%20Encontro.pdf

      Excluir
    2. Ernandes, entenda a indiferença
      entre artigos publicados por cientistas criacionistas e artigos indexados que defendam criacionimo. Desses últimos não existe um sequer que tenha passado pelo crivo do método científico.

      Excluir
    3. Ernandes, "Dê uma olhada nessa reportagem à respeito do Criacionismo na Coreia do Sul, onde "Pesquisa revelou que quase um terço dos sul-coreanos não acreditam na teoria da evolução"."

      E o que isso prova que a TSE não é científica?

      Excluir
    4. Ernandes, "Pois então, realmente trata-se de um país religioso, mas o que deixa muitos de cabelo em pé (embora não admitam) é o fato de que a Coreia do Sul tem um dos melhores e mais exigentes sistemas educacionais do mundo. "

      Isso que você postou é uma falácia que eu poderia classificar como apelo à autoridade coletivo. O que você não sabe é que o sistema educacional da Coréia do Sul é de boa qualidade, mas é mais voltado em formar profissionais práticos a cientistas teóricos. Eles estão mais preocupados em ensinar o "como fazer" e não o por que a natureza funciona assim".

      Excluir
    5. Ernandes,

      "Como é que a vida surgiu?"

      Como a vida surgiu não é da alçada da TSE, mas da bioquímica moderna. Para que a evolução ocorra é necessário apenas que o primeiro ser autoreplicante já tenha existido.

      "Como é que o código genético surgiu?"

      Idem.

      "Como é que as mutações – acidentes na cópia (“letras” do ADN trocadas, apagadas ou acrescentadas, duplicação de genes, inversão cromossómica, etc) – geraram os enormes volumes de informação de ADN nos sistemas biológicos?"

      Estude genética. O fato de você não conhecer as evidências não é prova de que a TSE é falsa.

      "Pode me dar um exemplo de alguma mutação ou processo evolutivo que possa ser visto e que aumente a informação do genoma?"

      RNASE1, um gene para uma enzima pancreática, foi duplicada, e em macacos langur uma das cópias sofreu mutação para RNASE1B, que funciona melhor no intestino mais ácido do macaco (Zhang et al. 2002).

      Fonte: Zhang, J., Y.-P. Zhang and H. F. Rosenberg, 2002. Adaptive evolution of a duplicated pancreatic ribonuclease gene in a leaf-eating monkey. Nature Genetics 30: 411-415. See also: Univ. of Michigan, 2002, How gene duplication helps in adapting to changing environments

      http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11925567

      Excluir
    6. Agildo, parabens pelas respostas, nada a adicionar.

      Ernanes, sem ofensas, mas vc parece com um calouro que nao assistiu nem as primeiras aulas de bioquimica querendo dar pitaco. Va aprender o basico antes de tentar achar que a argumentacao desses cientistas eh valida e que eles redescobriram a roda.

      Excluir
  13. Estou torcendo para estes "professores" serem expulsos do conselho e proibidos de lecionar por "ensinarem" algo que não é cientificamente comprovado e prejudicarem o futuro das crianças. Uma coisa é dentro da igreja, outra coisa é em lugar de pensantes.

    ResponderExcluir
  14. - Quero só ver é uma matéria Adventista publicada numa revista científica. Isso, claro... sem ser revista da Igreja!

    ResponderExcluir
  15. La vem os Adventistas e suas fabulas, a cada geração eles renovam sua luta, não podem perder as mentes em formação para nelas inocular o virus da ingnorancia que produzem e dela vivem.

    ResponderExcluir
  16. Quero ver é estudo Adventista publicado em revista científica que não seja de Igreja!

    ResponderExcluir
  17. MEO DEOS

    Vou treinando minha resposta para quando um adventista me falar que eu vim do barro kkkkkkkkkkkkk

    Brasil nunca será totalmente ateísta

    SOMOS MUITO BURROS PARA ISSO
    88° no ranking da educação é incrivel =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lamentável ver que existem pessoas com esse tipo de pensamento. Desde quando o fato de uma pessoa professar algum tipo de fé ou religião indica que ela é burra? Ou que se todo um país for plenamente educado as religiões deixarão de existir? Os EUA talvez sirvam como exemplo, não? Ou até mesmo a China que possui cerca de 30% de agnósticos, segundo a Wikipedia? Dê uma olhada nessa reportagem da Istoé:

      >>link da reportagem<<

      http://www.istoe.com.br/assuntos/entrevista/detalhe/paginar/194952_O+BRASIL+E+UMA+POTENCIA+RELIGIOSA+GLOBAL+/2

      "A China é uma sociedade que se modernizou à base de um processo estatal de destruição das religiões. Hoje, com o desenvolvimento econômico chinês, todas as religiões voltam a ressurgir. O caso chinês põe em questão a tese de que a modernização leva à secularidade. A secularização da China foi imposta pelo Estado e agora, com o desenvolvimento econômico, as religiões estão voltando. As religiões reconhecidas na China são minoritárias e oriundas de grupos étnicos não chineses: o islã, o budismo, o taoísmo, o catolicismo e o protestantismo."

      Claro que o fato der ter algum tipo de fé não implica que o mesmo seja criacionista, pois a maioria não o é. Contudo como já disse em um comentário acima existem cientistas sinceros, e de renome em suas respectivas áreas de atuação, que são criacionistas.

      Excluir
    2. Ernandes, você é adventista, não é? Só pode ser, pra defender assim essas mulas.

      Excluir
    3. kkkk sou sim Manjè kwayan, mas que fique claro que o meu objetivo não é defender os adventistas, mas sim colocar o meu ponto de vista. (POR MAIS LOUCO QUE ELE PAREÇA A VOCÊS).
      Creio que se eu tenho uma opinião devo defendê-la, e se tratando de cristianismo e de criacionismo é algo que poucos sabem fazer. Não porque tais pessoas sejam burras, mas porque a grande maioria é PREGUIÇOSA, preguiça no sentido de estudar, ler, e não no sentido de abster-se de defender a opinião. Preferem seguir o que o pastor diz, os pais, o Papa do que lerem a Bíblia que deveria ser seu manual, mas não o único. Com a internet a informação está à distancia de um clique e a pesquisa pode fazer você desistir de um ponto de vista ou afirmá-lo.

      Excluir
    4. chora mais crentalhão.

      Excluir
    5. FELIPE-ESTADUAL14 de dezembro de 2012 19:24

      Dê uma olhada nessa reportagem à respeito do Criacionismo na Coreia do Sul, onde "Pesquisa revelou que quase um terço dos sul-coreanos não acreditam na teoria da evolução".

      link >> http://opiniaoenoticia.com.br/cultura/coreia-do-sul-se-rende-as-teorias-criacionistas/

      Aí você pode falar: 'Mas claro, a maior parte desses sul coreanos são religiosos, maioria ou é cristã ou budista.'

      Pois então, realmente trata-se de um país religioso, mas o que deixa muitos de cabelo em pé (embora não admitam) é o fato de que a Coreia do Sul tem um dos melhores e mais exigentes sistemas educacionais do mundo.
      Não é à toa que o país está em >>>> 2º NO RANKING <<<< de qualidade da educação segundo a BBC Brasil. Confere no link abaixo e perceba que o Brasil está em penúltimo. Agora não venha culpar o CRISTIANISMO OU O TEÍSMO por isso não,:

      http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/11/121127_educacao_ranking_eiu_jp.shtml

      Excluir

    6. Será que entendi corretamente?

      "Pesquisa revelou que quase um terço dos sul-coreanos não acreditam na teoria da evolução".

      1) 1/3 = 33%, certo?

      Então, 2/3, 67% ACREDITAM na "teoria da evolução"...

      2) 33% em 100 é maioria?

      3) Seria a Coréia do sul um "país religioso" ?


      Excluir
    7. Mas que "matemática" essa dos crentes, hein! Vou te falar...

      ♪♫ A tua piscina tá cheia de ratos, tuas idéias não correspondem aos fatos...♪♫

      Excluir
    8. Corretamente, a Coréia do Sul NÃO É UM PAIS RELIGIOSO, de acordo com estatísticas compiladas em 2005 pelo governo sul-coreano, aproximadamente 46,5% da população sul-coreana manifesta uma preferência religiosa. MAS NÃO VENHA DIZER ALGO QUE EU NÃO DISSE. Errei quando disse que era religioso, mas NÃO DISSE QUE 33% É MAIORIA. Minha colocação objetivou comparar o nivel educacional da Coreia, a quantidade de pessoas que não acreditam na evoluão e quantos possuem uma religião. Nesta ultima é que está o meu erro, quando por falha de leitura minha disse que a maioria é religiosa. Cerca de metade é religiosa e dos que são religiosos a maioria ou é cristã ou budista. Corrigido o erro.

      De qualquer forma é de se espantar que num país com nivel educacional tão alto cerca de 33% desacreditam da teoria evolucionista.

      Excluir
    9. Se 46,5% são religiosos, é de se espantar que apenas 33% acreditem no criacionismo.

      Excluir
    10. Caro Ernandes, parece que você está tentando nos embromar.
      Tentou provar que a Coréia do Sul é um país religioso e "surpreendemente" bem colocado no ranking, por fim reconheceu que a Coréia não é religiosa, então não há surpresa na boa colocação. Já o Brasil, para nossa vergonha, com mais de 90% da população confessando algum tipo de crença, encontra-se na rabeira do ranking.

      P.S.- Desses 46,5% que você diz serem religiosos, é bem provável que em grande parte sejam budistas e, budismo nem é "tecnicamente" religião.

      Excluir
    11. Ernanes, vc esquece que os EUA, apesar de ser um pais bem escolarizado, tem cuturalmente um forte componente anti-intelectual. Basta ver as nocoes basicas que um americano medio tem sobre ciencias ao sair do ensino medio (inclusive ha muitos videos humoristicos fazendo troca da ignorancia do cidadao medio). Utiliza-los como exemplo que religiao pode vir acompanhada de boa escolaridade eh um tiro no pe.

      Nao que eu ache que ha uma relacao direta de causalidade entre escolaridade X ausencia de fe religiosa. Nao vejo padrao, e sim sociedades distintas que produzem resultados distintos. Mas ainda assim o exemplo dos paises nordidos eh interessante: altamente escolarizados e secularizados.

      Excluir
  18. Acho que uma coisa precisa ficar bem clara: criacionismo, design inteligente ou qualquer pseudo-teoria similar, NÃO SÃO CIÊNCIA! SÃO CRENÇAS! E, COMO TAL, NÃO PODEM SER ENSINADAS NA ESCOLA! Simples assim!

    ResponderExcluir
  19. Acho que uma coisa precisa ficar bem clara: criacionismo, design inteligente ou qualquer pseudo-teoria similar, NÃO SÃO CIÊNCIA! SÃO CRENÇAS! E, COMO TAL, NÃO PODEM SER ENSINADAS NA ESCOLA! Simples assim!

    ResponderExcluir
  20. O povo já e ignorante os religiosos querem piorar a situação. LIXO RELIGIOSO!

    ResponderExcluir
  21. Acho que uma coisa precisa ficar bem clara: criacionismo, design inteligente ou qualquer pseudo-teoria similar NÃO SÃO CIÊNCIA! SÃO CRENÇAS! E como tal, NÃO DEVEM SER ENSINADAS NA ESCOLA! Simples assim!

    ResponderExcluir
  22. Exatamente o que é pesquisa criacionista?
    ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a tentativa de fazer a fábula do gênesis parecer científica, fingindo fazer algo que se pareça com ciência, mas que no fundo é crença barata e sem respaldo nenhum, a não ser a vontade de acreditar, não de conheçer. Tipo como tentar encaixar um quadrado num buraco redondo.

      Excluir
  23. "Pesquisa Criacionista" - Agora querem transformar criacionismo em ciência. É a coisa mais absurda que já ouvi, hhaahahahahha

    ResponderExcluir
  24. Será que eles vão também ensinar a teoria da cegonha como alternativa à reprodução sexuada nas universidades adventistas? Crentes, nem vendo dá para crer que existem! Quando eu acho que estamos indo para o século XXI, vejo que em verdade estamos regredindo à idade das trevas...

    ResponderExcluir
  25. Ridículo, abominável.

    ResponderExcluir
  26. Desafio esses otários a ensinar essa bosta aí em Universidades! Mas tem que ser pública, hein!

    Quero ver quem é o biólogo SÉRIO que vai se convencer dessa fábula aí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em instituição séria esses idiotas não tem a menor chance.

      Excluir
  27. Paralelas:Gente dá licença.Mas não dá prá segurar não.Tem um cara chamado Paulo Lebre,que tá sempre falando abobrinhas sobre religião e afins,e ganhando com isso.Geralmente no G1.Acabou de dizer que o julgamento de deus sempre é bondoso.Ao lado se lê:
    massacre em connecticut,vinte crianças assassinadas.Pô assim nâo dà cara.Que cara bem f.p.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O G1 deixei de comentar e ler a muito tempo, só as notícias são de um tom alarmista que me dá mais raiva do jornalita que da notícia. Quanto aos comentários... tenha sempre um saquinho para vômito ao lado, pq é um mais fascista e reacionário que o outro! As vezes penso que estamos retrocedendo em termos de questionamento, lógica e respeito!

      Excluir
  28. Criacionismo é um verdadeira escarrada na cara do método cientifico, do bom senso e da razão. É inacreditavel que em pleno século 21 ainda tenha gente capaz de promover uma estupidez dessas! Que vergonha da raça humana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o puro e simples ENSINO RELIGIOSO, só isso.

      Excluir
  29. Mas eles não tem saída não.Para se aceitar o criacionismo
    terão que aceitar o deus podre da gibiblia que mata e blá blá blá...

    ResponderExcluir
  30. Crianças,criacionismo é o seguinte:primeiro deus fez Adão,que era burro ou jegue,normal não havia escolas,então da costela de Adão deus fez Eva,facil de entender pô.E depois deus uniu Eva e o jegue do Adão e fez os,os, evanjegues, simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk

      Eva + jegue = evanjegue...

      Acho que agora dá para começar a acreditar no criacionismo cristão!

      Excluir
  31. Pseudo-ciência tratada como ciência séria é fraude. Simples assim.

    ResponderExcluir
  32. Os adventistas informaram que o consórcio vai produzir vídeos para adolescentes e jovens explicando a criação e como ocorreu o dilúvio e um plano piloto de capacitação de professores


    videos? onde estão as evidências...

    exe: fosseis materiais fisicos e etc? lembrando que material fisico não é o dvd nem um livro.

    ResponderExcluir
  33. Evolução é teoria. Criacionismo é delírio. Religiosos querem que as pessoas vivam em constante estado delirante. E esses adventistas são um grupelho fechado preconceituoso tão repugnante quanto os TJs.

    Ruggero

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente.

      Excluir
    2. Evolução é fato!

      Excluir
    3. Decerto que a Evolução já é fato, evidencias não faltam. Porém, mantemos certa humildade em ainda considerá-lá como teoria - muito embora o termo teoria, em ciências, tem um significado bastante forte, diferente do sentido que se dá à palavra no cotidiano. É bom, isso, também para manter uma distância das religiões e suas certezas sem evidências, questionamentos ou nexo algum.

      Ruggero

      Excluir
    4. Evolução é fato? Penso que não. Onde estão seus argumentos para sustentar tal proposição? Chega a ser intrigante, sendo assim peço que me responda a algumas perguntas relativas ao assunto em questão:

      Como é que a vida surgiu?
      Como é que o código genético surgiu?
      Como é que as mutações – acidentes na cópia (“letras” do ADN trocadas, apagadas ou acrescentadas, duplicação de genes, inversão cromossómica, etc) – geraram os enormes volumes de informação de ADN nos sistemas biológicos?
      Pode me dar um exemplo de alguma mutação ou processo evolutivo que possa ser visto e que aumente a informação do genoma?
      Como é que as novas reações bioquímicas, que envolvem múltiplas enzimas a operarem em sincronia, se originaram?
      Os seres vivos têm a aparência de terem sido criados; como é que os evolucionistas sabem que eles não foram?
      O que dizer da negação de Craig Venter sobre a existência de uma Árvore da Vida e da existência de um único ancestral comum?
      Como é que a vida multi-celular surgiu?
      Como é que o sexo surgiu?
      Como é que os “fósseis vivos” permanecem essencialmente na mesma durante os supostos “milhões de anos”, se a evolução transformou "minhocas" (uma leve brincadeira) em seres humanos durante o mesmo período?
      Como é que a química cega gerou a mente, a inteligência, o propósito, o altruísmo e a moralidade?
      Onde estão os avanços científicos causados pela teoria da evolução?
      A ciência envolve a experimentação como método de descobrir a forma como as coisas funcionam. Porque é que a evolução, uma “teoria” sobre o passado, é ensinada como se fosse o mesmo que a ciência operacional?
      Porque é que uma ideia fundamentalmente religiosa, um sistema de crenças de falha em explicar as evidências, é ensinada nas aulas de ciência?

      Por complemento com algumas citações:

      Dr Marc Kirschner, fundador do Departamento de Biologia Sistemática, na Universidade de Harvard diz:

      De facto, durante os últimos 100 anos, practicamente toda a biologia progrediu independente da teoria da evolução, excepto a própria biologia evolucionária. A Biologia Molecular, Bioquímica. Fisiologia não tiveram em conta a teoria da evolução. (citado no “Boston Globe” 23 de Outubro 2005)


      Karl Popper, famoso filósofo da ciência, disse:

      O darwinismo não é ciência testável mas sim um programa metafísico [religioso] de pesquisa.(Popper, K., Unended Quest, Fontana, Collins, Glasgow, p. 151, 1976)


      Michael Ruse, um fervoroso evolucionista, declara:

      A evolução é promovida pelos seus aderentes como algo mais do que ciência.

      A evolução é promovida como uma ideologia, uma religião secular – uma alternativa ao Cristianismo, com propósito e moralidade.

      Eu sou um ardente evolucionista e um ex-Cristão, mas tenho que admitir que esta queixa – e o sr [Duane] Gish é um dos que a faz – os literalistas [criacionistas] estão correctos. A evolução é uma religião.

      Isto foi assim em relação à evolução no princípio e é assim em relação à evolução hoje.(Michael Ruse, “Saving Darwinism from the Darwinians,” National Post (May 13, 2000)

      Excluir
    5. Em parte eu concordo com o Ernandes. A evolução não é um fato, pois, caso fosse, não seria uma teoria, mas sim, uma lei. No entanto há uma confusão por parte do Ernandes, pois a teoria da evolução não se mete a explicar o surgimento da vida ou algo do gênero, tal teoria tenta, apenas, explicar, de forma empírica, a evolução das espécies na terra, nada mais. Há uma confusão entre biogênese e o evolucionismo, esta confusão parte de ambos os lados, religioso e ateu.

      A teoria da evolução, porém, bate de frente com certos princípios religiosos, mais especificamente as religiões Abraâmicas, pois, segundo tais religiões, o mundo possui aproximadamente 6000 anos, como descrito no Gênesis, por exemplo. Já a teoria da evolução são necessários milhões de anos para que ela ocorra. E aí está o choque entre a religião e a evolução.

      Apesar de suas falhas, o evolucionismo pode ser considerado uma teoria, ao contrário de seu "rival", o criacionismo, que nem uma hipótese deveria ser considerado, pois sua base parte de livros fabulosos.

      Excluir
    6. Corvo, concordo plenamente que em meu comentário existe mesmo essa confusão, obrigado por reinterá-lo. Embora a origem da vida seja o precursor necessário para a evolução biológica, a Teoria Evolucionista independe de uma explicação para tal fato. No entanto coloquei perguntas relativas à Biogenese e Abiogenese, porque em muitos livros didáticos isso é colocado de maneira erronea. Um exemplo é o livro de quimica do Ricardo Feltre, também em notícias e da parte de alguns defensores do evolucionismo. Embora, como já disse, a teoria evolucionista não dependa disso, as teorias Criacionista e também do Design Inteligente abrangem tais processos.

      Quanto à sua opinião, descrita no ultimo paragrafo, eu discordo. Em outros comentarios nessa pagina eu deixo bem claro o porque. É sempre bom ouvir a opinião de pessoas educadas, e creio que você seja uma delas.

      Excluir
    7. Apelo à vaidade pra conseguir "apoiadores", que legal, Ernandes!

      Excluir
    8. @Ernandes

      Não são argumentos, imbecil. São fatos.

      Excluir
    9. Vá estudar evolução Ernandes. VocÊ esta fazendo papel de palhaço.

      Excluir
    10. Volte sempre, Ernandes, o pessoal aqui adora crentes falastrões que acabam sempre morrendo pela boca, que não estudaram a lição e tentam ensinar os outros...e por favor´vá ler coisas sérias.

      Excluir
    11. Ernandes: "Os seres vivos têm a aparência de terem sido criados; como é que os evolucionistas sabem que eles não foram?"

      Não existem evidências plausíveis de que foram criados, mas existem evidências de que evoluíram.

      http://talkorigins.org/faqs/comdesc/


      "O que dizer da negação de Craig Venter sobre a existência de uma Árvore da Vida e da existência de um único ancestral comum?"

      Ele disse isso mesmo?

      Quais argumentos ele apresenta para sustentar isso?

      Ele sustentou isso em algum artigo científico indexado e revisado por pares?

      Se não que peso tem a opinião pessoal de Venter sobre a TSE?

      Excluir
    12. "Como é que a vida multi-celular surgiu?"

      A partir de colônias de seres unicelulares.

      http://www.talkorigins.org/indexcc/CB/CB922.html

      Excluir
    13. "Como é que o sexo surgiu?"

      http://erros-criacionistas.wikispaces.com/O+sexo+n%C3%A3o+pode+ter+evolu%C3%ADdo

      "Como é que os “fósseis vivos” permanecem essencialmente na mesma durante os supostos “milhões de anos”, se a evolução transformou "minhocas" (uma leve brincadeira) em seres humanos durante o mesmo período?"

      Na verdade os tais "fósseis vivos" continuaram a evoluir, embora em ritmo menor.

      A evolução não precisa ocorrer exatamente no mesmo ritmo em todos os casos. Uma espécie evolui de acordo com as pressões ambientais, principalmente por aquelas provocadas por mudanças no ambiente: se o ambiente muda pouco a espécie não precisa mudar muito.

      "Como é que a química cega gerou a mente, a inteligência, o propósito, o altruísmo e a moralidade?"

      Para entender isso você terá que estudar muito mais que evolução das espécies. Comece procurando por "ordem espontânea" no Google.

      Excluir
    14. "A ciência envolve a experimentação como método de descobrir a forma como as coisas funcionam. Porque é que a evolução, uma “teoria” sobre o passado, é ensinada como se fosse o mesmo que a ciência operacional?"

      Eventos que ocorreram no passado deixam vestígios que podem ser investigados no presente. Fósseis são um bom exemplo disso.

      "Porque é que uma ideia fundamentalmente religiosa, um sistema de crenças de falha em explicar as evidências, é ensinada nas aulas de ciência?"

      Desde quando a TSE é um sistema de crenças?

      "Dr Marc Kirschner, fundador do Departamento de Biologia Sistemática, na Universidade de Harvard diz:

      De facto, durante os últimos 100 anos, practicamente toda a biologia progrediu independente da teoria da evolução, excepto a própria biologia evolucionária. A Biologia Molecular, Bioquímica. Fisiologia não tiveram em conta a teoria da evolução. (citado no “Boston Globe” 23 de Outubro 2005)"

      Baseado em quê ele afirma isso. Posso ler o artigo na íntegra?

      "Karl Popper, famoso filósofo da ciência, disse:

      O darwinismo não é ciência testável mas sim um programa metafísico [religioso] de pesquisa.(Popper, K., Unended Quest, Fontana, Collins, Glasgow, p. 151, 1976)"

      Popper se retratou mais tarde, reconhecendo que se equivocou.

      http://criacionismo.wikia.com/wiki/Karl_Popper

      "Michael Ruse, um fervoroso evolucionista, declara:

      A evolução é promovida pelos seus aderentes como algo mais do que ciência.

      A evolução é promovida como uma ideologia, uma religião secular – uma alternativa ao Cristianismo, com propósito e moralidade.

      Eu sou um ardente evolucionista e um ex-Cristão, mas tenho que admitir que esta queixa – e o sr [Duane] Gish é um dos que a faz – os literalistas [criacionistas] estão correctos. A evolução é uma religião.

      Isto foi assim em relação à evolução no princípio e é assim em relação à evolução hoje."

      Coloque o texto na íntegra. Sempre que crias citam evolucionistas para desqualificar a TSE os tiram de contexto para parecer que estão defendendo aquilo que lhes convém.

      Excluir
    15. Já começou perguntando como a vida surgiu, pronto, mostrou que não sabe NADA sobre teoria da evolução, a qual fala sobre a EVOLUÇÂO (mudança) e não sobre a origem da vida. A questão sobre a origem da vida ainda está e pauta e provavelmente quando for respondida será feita pela "Teoria da Origem da Vida" e não pela Teoria da Origem das Espécies.

      Excluir
  34. O Adventismo do Sétimo Dia é uma denominação especialmente insana e reacionária do cristianismo, sendo que a maior organização voltada para a prática e disseminação do adventismo é uma confraria de loucos chamada Igreja Adventista do Sétimo Dia, que tem raízes no "movimento Millerita", liderado por William Miller, um pregador batista que, no início do século 19, anunciou que sua pesquisa em profecia bíblica lhe revelou que Jesus voltaria em 1843.

    Quando a data chegou e o nazareno não deu as caras (surpresa!), seu movimento se desfez, e seus membros se dispersaram. Alguns (Miller, entre eles) renunciaram ao Cristianismo Batista, enquanto outros continuaram a acreditar que a Segunda Vinda era iminente, mas (surpresa de novo!) sem uma data definida (pra não passarem vergonha outra vez). Esses crentes formaram o núcleo do que viria a se tornar o movimento adventista. (Outro grupo, mais maluco ainda, disse que Jesus tinha vindo e que seu reinado tinha começado; são as Testemunhas de Jeová).

    As crenças dos adventistas do sétimo dia são típicas dos cristão evangélicos norte americanos (ou seja, "bullshit"). Uma das insanidades em que acreditam os adventistas do sétimo dia é uma semana da criação, literalmente, com 7 dias de 24 horas, negam a evolução e acham que a Terra é uma adolescente, e não uma vovó de 4,5 bilhões de anos. O deus deles chama-se Ellen G. White.

    Resumindo: esse povo não entende merda nenhuma de ciência, não é bom em fazer previsões e portanto não é bom dar corda a eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois querem dizer que isto não é patologia.

      Excluir
  35. Ai céus!!! É o Silas-Valdomiro-RR Soares de um lado e agora os adventistas que já previram o fim do mundo duas vezes...daqui a pouco vão querer inserir na Constituição o apedrejamento, não comer carne suína, peixe de pele e outras 627 aberrações da época de Moisés! Queima Jeová!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não esqueça das leis legalizando o escravismo! Aliás, algum crente tem alguma filha pra vender? Compro dentro das condições descritas no Exodo e Leviticos. Obrigado.

      Excluir
  36. pesquisas cracionistas? baseadas em quê mesmo? uma coisa é a ciência. outra é acreditar em lendas e mitos, sejam de qualquer credo, para "explicar" o mundo em que vivemos.

    ResponderExcluir
  37. Cadê o Ministério da Educação nestas horas? E o Ministério Público? Ninguém vai fazer nada diante dessa palhaçada?

    Tá na cara que o objetivo disso tudo é criar mais uma geração de tapados, fáceis de explorar.

    Por trás dessa merda; quem? Quem? Pastores espertalhões; sanguessugas, parasitas humanos; que viciaram em viver as custas da ingenuidade alheia.

    É isso; vamos continuar dando chance para esse bando de loucos delirantes! Claro, é necessário que todos tenham vez e voz diante da sociedade... Vamos aplaudir de pé, mais esse avanço científico que os crentes vão proporcionar ao mundo.

    Sempre foi assim; por que vai ser diferente agora? Os crentes vem e exigem o direito de gritar em praça pública, todos os seus delírios: Nós aceitamos; afinal eles tem direito, não é mesmo?

    Daí eles resolvem gritar ao lado de sua casa. Nós aceitamos porque, coitadinhos, eles tem o direito de proclamar a sua fé; ela é tão linda...

    Agora eles querem gritar dentro da sua casa; bem direto no seu ouvido; dentro do seu quarto; até mesmo no seu banheiro. Tadinhos...

    No final, você acorda ouvindo delírios religiosos, passa o dia inteiro ouvindo, até na hora de dormir os gritos não cessam. Coitados... Não os crentes, coitados de nós agora.

    Para quem acredita que todos devem ter vez e voz; pensem bem:

    Crentes sempre vão exigir este direito, mas jamais vão dá-lo a quem quer que seja.

    A matéria publicada acima é o mais puro e perfeito exemplo do que acontece quando se dá voz aos imbecis. Olha lá se eles não acabarem forçando o governo a enfiar verba pública no meio dessa desgraça.

    Pensador Livre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Ministério Público não pode fazer nada a respeito, pelo contrário.

      É uma entidade privada e tem todo direito a liberdade de expressão.

      Podem falar e espalhar quanta merda quiserem, assim como nós temos todo o direito de criticá-los por isso.

      Excluir
    2. Mas peraí, entidades privadas tem total liberdade de fazer o que der na telha? Não existem regras para instituições educativas que se não forem respeitadas acarretam no não reconhecimento da instituição e consequentemente na invalidade de qualquer diploma? Se não é o caso, deveria ser. Quer ensinar mitologia religiosa pra criança, lugar disso é na igreja ou em casa, fazer isso na escola às custas de educação de verdade deveria ser considerado abuso.

      Excluir
    3. Em escolas confessionais não, como é o caso das escolas adventistas.

      Eles tem o programa de ensino obrigatório, mas podem incluir o ensino religioso ao sabor que lhes convém.

      Os pais que matriculam os filhos nestas escolas sabem o que os filhos irão aprender, cabe a eles a decisão.

      Excluir
    4. E esses alunos de hoje, serão as pessoas que vão governar a sociedade amanhã, sendo educadores, psicólogos, deputados, juízes, promotores, etc...

      E aí, estamos mesmo dispostos a colher uma nova safra de teocratas impondo fervorosamente as suas crendices sobre a sociedade logo adiante???

      Excluir
    5. "E esses alunos de hoje, serão as pessoas que vão governar a sociedade amanhã, sendo educadores, psicólogos, deputados, juízes, promotores, etc.."
      Por isso que preferi não ter filhos! Saber que tipo de gente irá governar, opinar, coagir e formar a consciência das gerações vindouras é pra desanimar. Amaria demais meus filhos pra deixar que nascam em meio a Nova Idade Média!

      Excluir
  38. É uma patologia criacionismo eu já os piores absurdos desse povo que se diz criacionista..Pra eles inventar explicações delirantes é ciência.. Por exemplo como que noé juntou todos os animais puros e impuros? Eles dão uma explicação da cabeça deles pra isto e chama isto de ciência e é isto que eles querem ensinar, e outra como pode eles afirmar coisas sobre um suposto deus e ainda mais dizer que ele é amaterial, aespacial, atemporal como que eles ficaram sabendo disso.. O criacionismo é ridículo e não é crítica emocional não é crítica racional e sim racionalmente ,o criacionismo não é científico.

    ResponderExcluir
  39. É mais um exemplo do caminho de fanatismo para o qual as religiões vem rumando neste país... Quando eu era criança, tive contato com a teoria da evolução, ensinada por uma professora devotadamente católica, que apesar disso, deu exatamente o que estava no currículo escolar.

    Recentemente descobri que na escola da minha sobrinha as professoras evangélicas, pularam o evolucionismo porque "não concordam com ele".

    Ao invés de se tornarem centros de reprodutores de saber, estão as transformando em espaços de doutrinação e alienação. Não é por acaso, claro. Afinal, quanto mais ignorante o sujeito mais fácil de manipulá-lo no futuro, com alguns já disseram muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a regra é os fanáticos (professores, pais, diretores, deputados...) escolherem a dedo o que vai ser ensinado nas escolas para as novas gerações. Não foi a toa que esses sectaristas propagadores do ódio e do preconceito conseguiram impedir a implementação do Programa Escola Sem Homofobia (pejorativamente apelidado de "kit gay"), acusando-o (adivinhem?) de fazer "doutrinação" contra os "valores" da nefasta ideologia cristã.

      Idade das Trevas, aí vamos nós, outra vez...

      Excluir
  40. preocupante. Meio "nazista" até.


    adequar a realidade ao ponto de vista e não o ponto de vista à realidade.


    estamos é lascados.

    ResponderExcluir
  41. Aguardem.O próximo passo vai ser o estudo da Cegonha.

    ResponderExcluir
  42. Ernandes: "Evolução é fato? Penso que não. Onde estão seus argumentos para sustentar tal proposição? Chega a ser intrigante, sendo assim peço que me responda a algumas perguntas relativas ao assunto em questão:

    Como é que a vida surgiu?
    ..."


    Você foi enganado Ernandes. É uma pena ter de dizer isso, mas você precisa entender, estão enganando você (como muitos outros). Todas as perguntas que fez, e que demonstram um enorme desconhecimento da ciência e da evolução, já foram respondidas, ou tem evidências e possibilidades bem determinadas.

    E NENHUMA delas pode ajudar a crença, tola, no criacionismo. Sim, a evolução é um fato e uma teoria. Mas como só lê aquilo que parece confirmar sua crença prévia, sua 'verdade" pessoal, não tem como entender isso. Eventuais "lacunas" em uma teoria científica, esperada em TODA teoria científica, NÃO tornam outra explicação maluca verdadeira.:-) MESMO que pudesse provar que a evolução é falsa (e não pode), isso NÃO valida a ideia de um amigo imaginário criando tudo do nada.:-)

    Comece, se quer MESMO saber, por este texto, de Jay Gould:

    http://www.ceticismoaberto.com/ciencia/2114/evoluo-como-fato-e-teoria

    Depois, leia pelo menos UM dos muitos livros que explicam a maioria de suas perguntas, que apresenta como "matadoras". Vai perceber que são bobagens, sem sentido em relação a evolução, criadas para distorcer e enganar pessoas como você.

    Livros como O Maior Espetáculo da Terra, de Dawkins, A perigosa Ideia de Darwin de Dennet, O Polegar do Panda de Gould, e um recente sobre embriologia chamado Infinitas Formas de Grande Beleza, qualquer um deles responde a maioria de suas perguntas. Juntos, respondem a todas elas.:-)

    Você foi enganado, Ernandes. Mas parece gostar disso.:-(

    Por exemplo, a primeira pergunta, como surgiu a vida, NADA tem a ver com a teoria da evolução. Para a evolução não importa a abiogenese, o surgimento da primeira molécula (e não célula) replicante, importa apenas que se um sistema replicante surge, e há pressão seletiva, ocorrerá evolução. Se deus criou essa molécula, ou seres extradimensionais superpoderosos, é irrelevante para a teoria.:-)

    Mesmo assim, existem diversos cenários sólidos para o surgimento da vida, cenários que são recorrentemente ignorados por criacionistas, que não tem interesse neles. Inclusive recentes repetições, com mais rigor e detalhe, do experimento Urey-Miller.

    Pode começar por aqui, sobre o surgimento do DNA:

    http://pergunte.evolucionismo.org/post/32401931941

    Sobre Popper, não contaram para você (e não me espanta isso.:-) que ele voltou atrás em sua posição inicial sobre a evolução, depois de estudar mais a fundo a teoria (porque ele NÃO era biólogo e entendeu que precisava saber mais), reconhecendo que era plenamente científica e falseável. Pense, por exemplo, no famigerado coelho cambriano.:-)

    Popper trabalhou em um aperfeiçoamento da teoria darwiniana, a teoria evolutiva, inclusive.

    Pense, Ernani, se não contaram isso para você, o que mais não contaram?

    Eu mesmo, com meu conhecimento limitado, poderia explicar a maior parte das "perguntas matadoras" que pensa ter feito, mas já fiz isso tantas vezes, e o máximo que consegui de criacionistas foi raiva e xingamentos no final. Criacionistas "já sabem a verdade", e não querem saber de coisas que a refutem, coisas sem importância como evidências e rigor metodológico.
    (continua...)

    ResponderExcluir
  43. (continuação...)
    Sim, existem, poucos, cientistas criacionistas. Mas a ciência que fazem não se relaciona com o criacionismo. Não existem cientistas fazendo ciência criacionista. Não há como. Deus criou é que é infalseável.:-)

    A estratégia algumas décadas atrás, iniciada em universidades do cinturão da biblia americano, era enviar seus estudantes mais fervorosos para se formar ou pós graduar em universidades de verdade, esperado formar novos 'biólogos criacionistas".

    Falhou, porque a maior parte deles, ao compreender a evolução, abandonava o criacionismo (mas não necessariamente a fé, entenda). Entretanto alguns desses ainda estão na ativa, e ainda são criacionistas.

    Nem mesmo os cientistas do Vaticano duvidam da evolução, Ernandes. Por que acha que é assim? Porque estudaram, de verdade, a teoria, as evidências, e devido a honestidade intelectual de cientista, não tem como negar a evolução.

    O padrão do criacionismo, que você mesmo pode confirmar, é fazer que cientistas deem "palpites" fora de suas áreas. Especialmente, filósofos ou químicos escrevendo sobre biologia, e coisas assim.

    Para saber o que é uma "teoria" científica:

    http://www.bulevoador.com.br/2009/10/apenas-uma-teoria/

    Considerando a possibilidade de estar de boa fé, e não ser apenas mais um troll criacionista, proponho o seguinte, escolha uma de suas "perguntas matadoras" e eu tento explicar a visão científica que a responde, e a distorção envolvida nela, criada pela forma de ver crédula e desonesta do criacionismo.

    Assim pode começar a entender como está sendo usado para divulgar uma tolice disfarçada de verdade, e como sua fé prejudica a avaliação do que lê (conte os acertos, ignore os erros).

    Cogita Tibi

    PS: Entenda, a ciência por trás de qualquer teoria científica é sempre extensa, envolve anos de estudo, esforço e mente aberta. Não se pode explicar toda teoria da evolução em um texto, como não se pode explicar a teoria eletromagnética em um texto. Mas você não "duvida" a teoria eletromagnética, não é?.:-)

    ResponderExcluir
  44. Quase esqueci a referência a Popper:

    Em entrevista a John Horgan em 1992, Karl Popper declarou sobre sua qualificação do darwinismo como sendo metafísico e tautológico que: "Isso talvez tenha sido exagerado". E ainda: "Não sou dogmático a respeito de minhas próprias opiniões" (Popper, apud Horgan, 1998, p. 55).

    Além disso as restrições originais de Popper a teoria não eram em relação a sua realidade, que ele aceitava, mas a forma, que ele pensava precisar ser melhor definida, como teoria científica.

    Mas isso, é claro, não será exposto por criacionistas.:-)

    Cogita Tibi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cogita Tibe, que bom que chegou alguem sensato para esse "debate", chamemos assim. Tenha certeza que estou agindo de boa fé, e você pode perceber isso em outras falas minhas. Fiz vários comentários aqui, não considero que tenha desperdiçado tempo, mas desprendi uma boa parcela dele para fazer tais exposições. É certo que meu objetivo além de opinar é também ouvir, e gostaria muito de ouvi-la.

      Creio que grande parte do seu comentario relaciona-se somente àquele em que fiz várias perguntas. Quanto à questão da Biogenese e Abiogenese, em um comentario eu disse que não ficou bem claro, e reinterei o que havia dito. Quanto ao que é uma teoria científica, eu não sou daqueles que pejorativamente dizem: "Ah, mas o evolucionismo é só uma teoria!". Em uma outra fala minha expliquei isso e até fiz uma comparação com a Teoria da Relatividade.
      Bom, preciso de um tempinho para ler seu comentario por completo e analisar também os links que você recomendou. Li só superficialmente mas gostei. Agradeceria se desse uma olhada nas minhas outras postagens e opinasse à respeito delas.

      Aquele abraço.

      Excluir
    2. Quanto à citaçao de Popper deixo o artigo de Marcelo Alves Ferreira, Biólogo, pós-graduando do Departamento de Filosofia, Universidade de São Paulo, cujo título é 'Sir Karl Popper e o darwinismo'.

      No artigo ele traz a citação que fiz de Popper e a que Cogita trouxe tambem. É interessante analizar uma frase dentro do seu contexto, e o que Cogita disse à respeito de Popper é verdade. Como o autor do artigo supracitado afirma, Popper não questiona a existência da evoluçao, mas sim o quando o darwinismo é capaz de explicá-lo. Ele também contribuiu bastante para o desenvolvimento do pensamento evolucionista.

      "Popper questiona o quanto o darwinismo é capaz de explicar esse fenômeno, mas não questiona a existência do fenômeno e nem admite a explicação teísta da adaptação, pois a considerava pior que qualquer admissão de fracasso, uma vez que o teísmo criaria a falsa impressão de que uma explicação foi alcançada."


      http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1678-31662005000200009&script=sci_arttext

      Excluir
  45. Mais dados.

    Sobre os diversos cenários atuais em relação da origem da vida:

    http://www.youtube.com/watch?v=MVD5iCphfFs

    Um depoimento de um criacionista, que se tornou biólogo, e, claro, deixou o criacionismo (e a descoberta de que foi enganado por anos):

    http://whyevolutionistrue.wordpress.com/2012/11/26/the-value-of-stridency-a-creationist-becomes-a-biologist/


    Texto-bonus, superexpressão do gene 13Hoxd: Mais pistas sobre a transição entre peixes e tetrápodes:

    http://evolucionismo.org/profiles/blogs/superexpressao-do-gene-13hoxd-mais-pistas-sobre-a-transicao-entre

    Cogita Tibe

    PS: Ernandes, não são textos fáceis, mas nada em ciência, para ser bem compreendido, é. Pense, como você explicaria a teoria eletromagnética (como estudante de engenharia deve estar familiarizado com as equações de Maxwell, etc) o funcionamento da TV, para alguém que "dúvida" de teoria, e alega que a verdade é que duendes telepatas extradimensionais ficam presos dentro dos tubos de TV?

    Não ria, suas "dúvidas" criacionistas sobre a evolução, mais suas "perguntas" me fazem sentir exatamente assim, tentando explicar uma teoria complexa científica para uma criança birrenta que "sabe que foi deus".:-)

    ResponderExcluir
  46. A única maneira com a qual podemos determinar a verdadeira idade da terra é com Deus nos dizendo qual é. E já que Ele nos disse, muito claramente, nas Escrituras Sagradas que ela tem alguns milhares de anos de idade, e não mais, isso deve colocar um ponto final em todas as perguntas básicas sobre a cronologia terrestre.” Henry Morris, Presidente do Instituto de Pesquisa da Criação, 1974

    Cogita Tibi

    ResponderExcluir
  47. Parabéns ao Paulo Lopes pelo novo layout do blog!
    Ficou excelente, super agradável de ler os artigos e participar dos comentários!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, dei uma boa mexida. Ainda faltam pequenos acertos. Abs.

      Excluir
  48. Todas as religiões possuem seu mito criacionista, mas só os cristãos acham que seus delírios são a "teoria" alternativa ao evolucionismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles fazem o que podem, afinal, querem adiar ao máximo o rebaixamento de suas crendices ao status de mitologia nefasta, que é o que elas são de fato.

      Enquanto a mitologia continuar recebendo o status de "crença religiosa", eles continuarão tendo prestígio, privilégios e poder nas sociedades ocidentais.

      Excluir
  49. Ernandes, o problema de você, Michelson Borgem e os outros crias é que vocês não entendem que ciência, ao contrário de religião, não é para se crer, mas para se compreender. Uma vez que você compreende a natureza através dos postulados científicos você não precisa necessariamente acreditar neles para concordar em sua cientificidade.

    ResponderExcluir
  50. Em seu texto citado aqui Michelson Borges comete o erro primário de acreditar que, se um determinado cientista é criacionista, logo o criacionismo é científico. Isso é falacioso.

    Outra falácia dele é quando alega que a imprensa faz falsa dicotomia entre ciência e religião, o que não é verdade. De fato ciência e religião não são incompatíveis, mas não no sentido que Michelson coloca. E acha que se existem cientistas religiosos, logo não há incompatibilidade entre os conceitos. Na verdade há compatibilidade em uma aspecto e incompatibilidade em outro. Há compatibilidade quando um cientista é adepto de uma crença mas não fica distorcendo a ciência para justificar suas crenças, como fazem muitos criacionistas. Alguns cientistas citados por ele como exemplos de cientistas religioso e até criacionistas, como Newton, mas que de alguma forma não tentavam misturar suas crenças com seu trabalho científico.

    ResponderExcluir
  51. Sr Ernandes,a Revista Superinteressante não é uma revista científica, mas uma revista de jornalismo científico. Se você quer saber o que a TSE realmente propõe tem que se valer de artigos científico indexados e não de revistas de cunho popular. Entenda a diferença entre publicação científica e divulgação científica para não acabar incorrendo em espantalhos como este que redigiu aqui.

    ResponderExcluir
  52. Ernandes "A sua comparação entre essa questão do Japão não caberia muito aqui. Criacionistas não querem se sobrepor ao que é mais lógico, mas utilizan-se de evidências, bem como do método científico e da LÓGICA para defender suas idéias...."

    Na verdade criacionistas deturpam o método científico para que ele pareça mais conveniente aos seus argumentos.

    ResponderExcluir
  53. E quais evidências científicas apoiam o criacionismo? Tempo...

    ResponderExcluir
  54. Nessas horas aumenta meu respeito pelos protestantes, católicos e anglicanos que não negam o FATO INCONTESTÁVEL da evolução, e tentam encaixá-lo dentro das escrituras. Para eles, "evolução se trata do COMO não do 'porque'". De fato, não será negando a REALIDADE que se chegará mais perto da VERDADE. Pena que alguns ainda não sairam da infância e preferem acreditar em histórias sobre bonecos de barro...

    ResponderExcluir
  55. A Sociedade criacionista quer criar professores de criacionismo para lecionarem essas idéias nas escolas. Nem quero ver como deve ser uma aula dessas! Pra explicara origem do ser humano vai ser uma verdadeira piada: Na base da estrutura um monte de barro, que logo vai pro ramo dos Materiais de cantaria como o tijolo e as telhas e mais uma evolução sendo o azulejo e demais materiais de cantaria. Do outro lado aparece o ser humano, logo acima o ramo das Cerâmicas de Forno como a faiança e a terracota, mais acima o ramo da Cerâmica Fina Trabalhada onde aparece a creamware, a stoneware e a pó-de-pedra e mais acima a porcelana.
    Afinal a dita "ciência" é tão absurda que só dá pra fazer piada mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente essa gente vai, como sempre, sair atropelando tudo e todos e colocar em prática seus planos. É sempre assim e vai continuar sendo, afinal, estamos no Bostil, digo, Brasil.

      Excluir
  56. Acompanho com interesse várias publicações de Paulo. Algumas eu comento; para outras mais dispenso comentários. As notícias que encontro aqui, associadas aos conhecimentos que venho acumulando em minhas leituras sobre a história cristã e o ateísmo, levam-me a uma certeza: a religião, particularmente em sua forma monoteísta, é uma forma de corrupção intelectual.

    A hipótese criacionista não implica a existência de um deus tal como representado pelos monoteísmos. Se situamos a discussão no âmbito da fé, acho que os gnósticos estariam mais próximos da verdade. Grupos gnósticos houve que sustentavam que esse mundo fora criado por uma deidade ignorante e inferior, o que explicaria a grande quantidade de mal e sofrimento nele.

    Não me preocupo com a ideologia criacionista em si (exceto, é claro, quando me dou conta de que se mobilizam esforços para que ela se torne um conhecimento digno de ser ensinado). É a ideia de Deus que deve ser atacada. É essa ideia que está pressuposta pelo mito bíblico da criação

    ResponderExcluir
  57. Criacionismo é o suprassumo do lixo religioso. Não satisfeitos em encher a sociedade com merda delirante, agora querem ir às escolas. Lixos da escória.

    ResponderExcluir

Postar um comentário